Home Futebol Erling Haaland retorna aos treinamentos no Manchester City após lesão

Erling Haaland retorna aos treinamentos no Manchester City após lesão

Atacante norueguês dos citizens deverá estar à disposição de Pep Guardiola no final do mês para a disputa da Premier League

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, cineasta, redator e escritor, roteirista e Youtuber.
Haaland em ação pelo Manchester City

Haaland em ação pelo Manchester City (IMAGO/Sebastian Frej)

Após uma longa espera, o craque norueguês retornou aos treinamentos no Manchester City. O jogador perdeu mais de seis jogos da Premier League e estava de fora desde que sofreu uma lesão pela seleção da Noruega, ainda no mês de dezembro.

PUBLICIDADE

Com o retorno, o Manchester City de Pep Guardiola terá praticamente todos os jogadores à disposição do técnico, já que o outro desfalque importante, Kevin De Bruyne, já havia retornado na semana passada, inclusive marcando um golaço pela Premier League.

Conforme informações da imprensa, Erling Haaland está se sentindo melhor fisicamente após a longa parada e já poderá entrar em campo no final do mês, ajudando o Manchester City as rodadas restantes da Premier League e também nas oitavas de final da Champions League.  

PUBLICIDADE

Com Erling Haaland, Manchester City quer o retorno à liderança da Premier League

Os citizens vem fazendo uma campanha marcada por oscilações desde a metade de novembro. O time de Guardiola perdeu a liderança para o Arsenal de Mikel Arteta e, posteriormente, viu o Liverpool de Klopp assumir o posto, que mantém até o momento.

Com a volta de Erling Haaland, o Manchester City vai com força total para o segundo turno da Premier League buscando o título novamente, porém, não deve ter facilidade, já que este ano está mais disputado do que nunca e quatro equipes estão frequentemente trocando de posições no topo.

Além de Arsenal, Liverpool e Manchester City, o Aston Villa também ingressou no G-4 e está tentando assumir a liderança desde então, ficando sempre entre os primeiros.

Já o Tottenham esteve na ponta em outubro, porém, passou por uma instabilidade em novembro e agora tenta retornar para os quatro primeiros.

PUBLICIDADE