Home Futebol Ataque a ônibus pode minar candidatura do Brasil para Copa do Mundo Feminina

Ataque a ônibus pode minar candidatura do Brasil para Copa do Mundo Feminina

CBF e Governo temem que atentado possa ter consequências na candidatura brasileira; Membros da Fifa estão no país para inspeção das instalações

Leonardo Siqueira
Meu nome é Leonardo Siqueira, sou estudante de Jornalismo na Uerj e apaixonado por esportes e pelo jornalismo esportivo. Trabalho como redator e participo de transmissões esportivas. Escrevo matérias sobre os mais diversos assuntos de esporte, com ênfase no futebol. Atuo como repórter e comentarista em transmissões radiofônicas no projeto "Escola de Narradores" da Uerj. Recentemente, comecei a desenvolver um podcast chamado "Jogo Sujo". Um podcast narrativo no qual tratamos sobre casos de corrupção esportiva. Gosto de escrever sobre esportes, comentar, assistir e até praticar. Em meus textos, tento levar a informação ao público da forma mais atrativa e acessível ao público. Sempre com o compromisso com a verdade dos fatos. Aqui estão alguns exemplos do meu trabalho: - Reportagem sobre transmissões esportivas por streaming: https://leduerj2023.wixsite.com/led-uerj/post/e-o-jogo-de-hoje-onde-vai-ser-a-nova-era-das-transmiss%C3%B5es-do-futebol-no-brasil - Podcast "Jogo Sujo": https://open.spotify.com/episode/3zjUBZ9ToZhSrrKFPMUUES?si=sWUERR6GS2aj8zKIjqeYKw - Transmissão de Croácia x Marrocos, disputa do 3º lugar da Copa do Mundo de 2022, pelo projeto Escola de Narradores da Uerj: https://www.youtube.com/live/pc4UtorNFZA?si=6hMtPjF_5zmzAGuZ Meus hobbies são: assistir futebol, séries e leituras esportivas. Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado de me conhecer um pouquinho melhor!
Andressa Alves durante eliminação da seleção brasileira, contra a Jamaica, na última Copa do Mundo Feminina.

Andressa Alves durante eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo Feminina. (Foto: Thais Magalhães/CBF)

O ataque ao ônibus do Fortaleza após o jogo contra o Sport, em Recife, pode ter consequências na candidatura do Brasil para se tornar sede da Copa do Mundo Feminina de 2027. 

PUBLICIDADE

Segundo o jornal “O Globo”, a CBF e o Ministério do Esporte estão preocupados com a repercussão do atentado e um possível impacto na candidatura brasileira. Representantes da Fifa estão no Brasil para uma avaliação das instalações que podem receber jogos. 

Delegação do Fortaleza sofre atentado em Recife 

O ônibus do Fortaleza foi atacado, na madrugada desta quinta-feira (22), após o empate em 1 a 1 com o Sport, na Arena Pernambuco, pela Copa do Nordeste. O veículo foi apedrejado por um grupo de torcedores do Sport no caminho de volta da delegação para o hotel. 

PUBLICIDADE

O Fortaleza informou que seis jogadores foram atingidos e levados para o hospital: o goleiro João Ricardo teve um corte no supercílio, o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram atingidos por estilhaços de vidro e precisaram conter sangramentos.

Comitiva da Fifa no Brasil

O presidente Lula recebeu, nesta última quarta-feira (22), membros da Comitiva Oficial da Fifa que vieram ao Brasil para uma visita às instalações que podem receber a Copa do Mundo. O ministro do Esporte, André Fufuca, e o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, também participaram da reunião. O grupo da Fifa estará na Arena Pernambuco, local do atentado, na sexta-feira (23).

Dez cidades foram escolhidas como sedes no projeto de candidatura: Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Cuiabá, Fortaleza e Manaus.

PUBLICIDADE

O Brasil pode se tornar o primeiro país sul-americano a receber uma Copa do Mundo Feminina. No entanto, a candidatura brasileira concorre ainda com outras: uma formada por Estados Unidos e México e outra composta pelo trio Bélgica, Alemanha e Holanda. A decisão será anunciada no dia 17 de maio.