Home Futebol Fortaleza sofre atentado com pedras e bombas e jogadores ficam feridos

Fortaleza sofre atentado com pedras e bombas e jogadores ficam feridos

Ônibus do clube cearense foi atacado por torcedores do Sport após duelo entre as equipes válido pela Copa do Nordeste

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Escudo do Fortaleza

Escudo do Fortaleza - (Redes sociais/ Fortaleza)

O ônibus do Fortaleza sofreu um atentado após a partida contra o Sport, pela 4ª rodada da fase de grupos Copa do Nordeste, que terminou empatada por 1 a 1. Torcedores rivais jogaram pedras e bombas na saída da Arena Pernambuco, o que ocasionou ferimentos em seis atletas do clube cearense.

PUBLICIDADE

Toda a delegação do Fortaleza foi levada para um hospital após os ferimentos nos jogadores. Segundo publicação do UOL, os atletas que se feriram foram o goleiro João Ricardo, além dos laterais Dudu e Gonzalo Escobar, os zagueiros Titi e Brítez, e do volante Lucas Sasha.

Um vídeo foi publicado no perfil do presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, no momento do atentado dos torcedores do Sport. Imagens dos atletas no hospital também foram para as redes sociais do mandatário.

PUBLICIDADE

Assista aos vídeos publicados pelo presidente do Fortaleza:

Sport e Fortaleza repudiraram o crime

“O Sport Club do Recife repudia veementemente os atos de violência praticados contra o ônibus da delegação do Fortaleza Esporte Clube na saída da Arena de Pernambuco após a partida desta quarta-feira. Os absurdos atos de violência não condizem com a real conduta e comportamento da torcida rubro-negra, tampouco com os valores do Clube – que sempre irá abominar esse tipo de postura. O presidente Yuri Romão, o executivo André Figueiredo, o coordenador técnico Ricardo Drubscky e a equipe médica do Clube já estão com delegação do time cearense, prestando apoio e todo o suporte necessário. O Sport também já se colocou à disposição para ajudar na apuração dos fatos e as investigações, buscando identificar os envolvidos nesse ato criminoso.”
“Atualização sobre a situação médica dos atletas do Fortaleza após ataque ao ônibus do clube. O ônibus da delegação do Fortaleza, que embarcava atletas, comissão técnica, staff e diretoria, foi atacado por bombas e pedras por torcedores do Sport na saída da Arena de Pernambuco após o jogo pela Copa do Nordeste. Após o ocorrido, a delegação foi levada rapidamente e diretamente ao hospital mais próximo de Recife. Seis jogadores foram atingidos: o goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos. João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também irá realizar exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo. Seguimos no aguardo de novas atualizações e, neste momento, estamos dando às devidas assistências aos componentes de toda delegação.”