Home Futebol Brasil x Argentina: Redação do Torcedores.com palpita sobre o placar no Pré-Olímpico 

Brasil x Argentina: Redação do Torcedores.com palpita sobre o placar no Pré-Olímpico 

Seleção brasileira avançou para o quadrangular, mas tem alerta ligado na competição 

Redação Torcedores
Torcedores é hoje o maior portal independente de esportes do país. Atua da cobertura de diversos esportes, eventos e equipes. Nossa redação possui uma equipe formada por dezenas de editores e colaboradores especializados na cobertura esportiva.
Seleção brasileira na disputa do Pré-Olímpico

Seleção brasileira na disputa do Pré-Olímpico - (Joilson Marconne/CBF)

PUBLICIDADE

O Brasil terá mais um desafio pela frente no Pré-Olímpico, o duelo contra a Argentina, neste domingo, 11, às 20h, horário de Brasília, pela terceira rodada da competição. 

A seleção brasileira deu uma ‘respirada’ na competição após superar a Venezuela por 2 a 1 e ocupar a segunda colocação. 

Com dois empates em duas rodadas, a Argentina chega mais pressionada e na penúltima posição, com dois pontos.

PUBLICIDADE

Brasil x Argentina: palpites da redação do Torcedores.com

Vitória do Brasil 

Márcio Padula – 1 a 0 

A seleção pré-olímpica do Brasil não deu ‘liga’, o técnico Ramon Menezes não conseguiu montar um time e fica na dependência dos talentos de Endrick e John Kennedy. Mas, como para o Brasil é vencer ou vencer, vamos de 1 a 0, gol de Endrick.

Rogério Guimarães – 2 a 1

PUBLICIDADE

Embalado pela vitória sobre a anfitriã Venezuela, o Brasil precisa apenas de um empate para carimbar o passaporte para as Olimpíadas. Em outros tempos, ficaríamos tranquilos, já que o retrospecto da Canarinho sobre os hermanos é bastante positivo.

Contudo, a equipe de Ramon Menezes ainda não empolga e sofre com saídas de bolas ruins e depende demais de talentos individuais como Endrick e John Kennedy. Mesmo assim, a seleção brasileira vencerá por 2 x 1 em jogo bastante apertado.

Vitória da Argentina 

Gabriel Reinehr – 2 a 1

PUBLICIDADE

A partida de seleções de base traz dois times rendendo abaixo das expectativas. A Argentina jogando sob a batuta de Thiago Almada tem lampejos de qualidade, mas falta consistência ao time treinado por Javier Mascherano. O plantel brasileiro, por sua vez, tem amargado resultados ruins na competição, mas não por falta de talento. Endrick e John Kennedy tem entregado bastante energia em campo, ainda que a finalização de jogadas deixe a desejar. Esse jogo pode ser a salvação ou a derrocada de Ramon Menezes, e acredito que a segunda é mais provável.

Empate

Beatriz Paparazo – 1 a 1

A seleção brasileira não vem tendo um desempenho que agrade durante a campanha no Pré-Olímpico e oscila na competição. Um empate é suficiente para ajudar na classificação. Acredito que o Brasil vai jogar com o ‘regulamento embaixo do braço’.

PUBLICIDADE

Daniel Linhares – 2 a 2

O Brasil deve chegar animado para o clássico, mas os jovens da Albiceleste têm muita qualidade para complicar a vida da Amarelinha, em qualquer categoria. Acho que o empate é o mais provável e pela necessidade que ambas as seleções têm de conseguir o resultado, o jogo deve ter vários gols e clima quente.

Lucas Ayres – 2 a 2

A seleção do Pré-Olímpico simplesmente não consegue transmitir confiança. Sem padrão de jogo, sem uma defesa segura e dependendo dos lampejos de Endrick no ataque, o time de Ramón Menezes seria presa fácil para uma seleção arrumada. O que também não é o caso da Argentina de Mascherano. Na soma dos talentos e das falhas, um empate movimentado.

PUBLICIDADE

Rafael Alaby – 1 a 1

A seleção brasileira ainda não teve uma atuação convincente no Pré-Olímpico. O trabalho do Ramon Menezes é muito ruim , mesmo contando com ótimos talentos como Maurício , John Kennedy, Gabriel Pec e Endrick. Falta conjunto. Brasil vai ter que “suar sangue” para conseguir a vitória. Aposto em empate e classificação amarelinha aos Jogos Olímpicos de Paris, já que no outro jogo, a Venezuela não deve vencer o Paraguai

Guilherme Papa – 0 a 0

O técnico Ramon Menezes vem sem alvo de diversas críticas por conta do desempenho da Canarinho em busca de uma vaga nas Olimpíadas. Muitas delas bem pertinentes, visto as atuações ruins e dificuldades enfrentadas em campo com boas peças. Contra um adversário tecnicamente mais forte, parece mais provável que a Amarelinha busque segurar o empate, que praticamente carimba o passaporte rumo a Paris.

PUBLICIDADE