Home Futebol De saída, Thomas Tuchel alfineta diretoria do Bayern de Munique

De saída, Thomas Tuchel alfineta diretoria do Bayern de Munique

Técnico avaliou as mudanças no comando do time Bávaro; equipe segue na segunda colocação do Campeonato Alemão

Bruno Bravo Duarte
Jornalista e editor com atuação nos portais Torcedores.com e Naspistas.com. Teve passagens por Euqueroinvestir.com, Jornal Povo, Niterói TV, Jornal A Orla e Jornal do Rock. Apaixonado por futebol e automobilismo, torcedor do América-RJ, tifosi de carteirinha e Youtuber nas horas vagas.
Bayern de Munique - Thomas Tuchel

Tuchel em jogo contra o Borussia Mönchengladbach (Alexander Hassenstein/Getty Images)

O técnico Thomas Tuchel deixará o comando do Bayern de Munique no final da temporada. O time Bávaro é o vice-líder da Bundesliga, estando oito pontos atrás do Bayer Leverkusen. O treinador abordou as dificuldades e questionou algumas medidas adotadas pela diretoria do clube.

PUBLICIDADE

“É a terceira vez que reescrevemos o organograma do clube”, declarou em referência as saídas do ex-CEO Oliver Kahn e do diretor esportivo Hasan Salidhamidzic. Os dois foram substituídos por Christian Dreesen e Christopher Freund.

Neste momento, o Bayern de Munique conta com um outro nome na diretoria esportiva do time. Trata-se de Max Eberl, que assumirá a função nesta sexta-feira. As mudanças bruscas também foram abordadas por Thomas Tuchel.

PUBLICIDADE

“Isso traz consequências, mas tentaremos manter o foco no próximo jogo. É claro que esperamos total apoio de Max, que também nos foi prometido. Cumprirei meus últimos meses com grande entusiasmo e com paixão inabalável. Para mim, tudo se resume a uma vitória em Freiburg. Farei tudo para isso, todos podem confiar nisso. Estou convencido de que venceremos na sexta-feira”, completou.

Novo diretor é a favor da saída de Tuchel

Max Eberl foi apresentado pelo Bayern de Munique na última quarta-feira (28) e em seu discurso se posicionou contrário a permanência de Thomas Tuchel.

“Foi a decisão certa (não contar com Tuchel). Não se trata de Max Eberl, não se trata de Herbert Hainer (presidente do clube) e também não se trata de Thomas Tuchel. É sobre o Bayern de Munique. Se a diretoria acredita que isso poderá ser o impulso certo para lidar os últimos meses e depois pensar no futuro, então é a decisão certa para mim. Eu não estive envolvido na decisão de não contar com ele”, declarou o novo diretor esportivo do clube.

Thomas Tuchel se posicionou após a declaração de Eberl. O treinador declarou não ter prestado atenção no que foi dito pelo gestor.

PUBLICIDADE

“Não vi nada porque tivemos uma sessão de treinamentos. Também não li o que ele disse. Conheço Max de outros tempos e também de uma conversa recente. Hoje, Max se apresentará ao elenco aqui na Säbener Strasse (Sede do clube). Veremos que efeito isso terá”, explicou o técnico.