Home Futebol Mauro Cezar cobra Gabigol e alerta o Flamengo sobre “caminho para o fracasso”

Mauro Cezar cobra Gabigol e alerta o Flamengo sobre “caminho para o fracasso”

Jornalista acredita que o camisa 10 ainda não está totalmente focado com desempenho em campo

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Mauro Cezar emitiu alerta sobre foco de Gabigol no Flamengo.

Gabigol comemora gol em Flamengo x Volta Redonda ( Gilvan de Souza / CRF)

PUBLICIDADE

Titular contra o Volta Redonda, Gabigol balançou as redes, mas não deixou Mauro Cezar Pereira encantado com a atuação. Na visão do comunicador, o atacante do Flamengo se encontra chamando mais atenção nas redes sociais, tendo em vista uma postagem feita com o recado “mesmo se eu fosse perfeito vocês ainda me matariam”.

Neste cenário, Mauro Cezar cobrou que Gabigol tenha um foco maior em anotar gols pelo Flamengo. Caso a situação em questão vire realidade, o camisa 10 tem chances de desbancar Pedro na briga pela titularidade.

“O Gabriel fez um gol, mas não teve uma boa atuação. A atuação do Gabriel tá muito efusiva na rede social, em campo não chama atenção. Tem que chamar atenção dentro de campo. Não adianta colocar videozinho dentro de um tanque como se fosse um super-herói sendo reconfigurado.”

PUBLICIDADE

“Joga bola, amigo. Seja Gabigol, e não Gabi ou Lil Gabi. Entra em campo, joga bem e vai ser elogiado. Fez um gol, mas fez uma partida discreta.”, afirmou Mauro Cezar, no programa Posse de Bola, do UOL Esporte.

Mauro Cezar reprova avaliações equivocadas nas redes sociais

Citando os casos de Luiz Araújo e Allan, Mauro Cezar destacou que o termo “bagre” costuma ser usado de forma equivocada. Por conta disso, o jornalista acredita que os protestos não devem ser levados em conta pelos dirigentes do Flamengo.

“Ele (Luiz Araújo) voltou ao time e foi o melhor em campo, especialmente pelo primeiro tempo. Mostrou o quão bizarras são essas avaliações de rede social. A onda é ‘bagre’. O Allan jogou muito bem pelo Atlético-MG e Fluminense durante um bom tempo. Ficou machucado, entra no jogo e joga 15, 20 minutos, é ‘bagre’.”

PUBLICIDADE

“O dirigente do Flamengo dá ouvidos às redes sociais. Isso é o caminho para o fracasso.”, alertou.