Home Futebol Seleção brasileira deve anunciar Rodrigo Caetano, do Atlético-MG, em breve

Seleção brasileira deve anunciar Rodrigo Caetano, do Atlético-MG, em breve

Dirigente do Galo já tem acerto com entidade para ser o diretor de seleções

Márcio Padula
Márcio Padula é um jornalista que atua há dois anos na cobertura da Sociedade Esportiva Palmeiras e em seu início de carreira escreveu para o jornal Diário de São Paulo sobre os quatro grandes clubes do Estado. Graduado pela FIAM – Faculdades Integradas Alcântara Machado em 1997, já passou por assessorias de comunicação, revistas e jornais. Atualmente no Torcedores.com.
Rodrigo Caetano que deve assumir um cargo na CBF

Rodrigo Caetano apresenta Scarpa no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético-MG

A seleção brasileira já tem um novo diretor: Rodrigo Caetano, que aceitou o convite da CBF para ser o diretor de seleções, e assim deve deixar o Atlético-MG nos próximos dias.

PUBLICIDADE

Assim, Caetano deixa o Galo depois de três anos à frente do clube mineiro. O anúncio oficial será realizado pela CBF nos próximos dias.

Portanto, ainda extraoficialmente, o acerto com Rodrigo Caetano é confirmado na CBF. Com isso, o Atlético-MG foi procurado pelo site ‘GE’, mas ainda não se pronunciou sobre a saída do seu diretor de futebol.

PUBLICIDADE

Vale lembrar que o Galo anunciou Rodrigo Caetano como diretor do clube em janeiro de 2021, com o dirigente substituindo Alexandre Mattos, que ficou no time mineiro por 10 meses.   

Rodrigo Caetano sai vencedor do Atlético-MG

Rodrigo Caetano teve muito sucesso no Atlético-MG. Conquistando um tricampeonato Mineiro (2021, 2022 e 2023), um Brasileirão Série A e uma Copa do Brasil em 2021, e a Supercopa de 2022.

A saída de Rodrigo Caetano do Galo foi facilitada, pois desde o fim do ano passado não havia mais multa para o dirigente deixar o clube.

Portanto, em sua quarta temporada à frente do Atlético-MG, Caetano era um dos diretores de futebol mais longevos do futebol brasileiro.

PUBLICIDADE

Neste período, o dirigente trabalhou com quatro treinadores no Galo: Cuca, Antonio Mohamed, Eduardo Coudet e Felipão. Na passagem à frente do clube, destaque para as constantes reclamações sobre arbitragem.

Por essas reclamações acumulou julgamentos e punições por ofensas e por estar sempre contestando o que achava que eram erros contra o Galo.  

Por fim, Rodrigo Caetano foi um dos que fez parte da mudança do Atlético-MG para SAF. O processo foi concluído no ano passado, com o clube recebendo investimento de mais de R$ 900 milhões. 

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial