Home Futebol Beraldo vai encontrar companheiro de PSG em jogo da seleção brasileira contra Espanha

Beraldo vai encontrar companheiro de PSG em jogo da seleção brasileira contra Espanha

O zagueiro do Brasil reencontrará seu colega Fabián Ruiz na partida contra os espanhóis, que acontece no dia 26

William Nunes
Colaborador do Torcedores
Zagueiro Beraldo aquecendo antes de jogo do PSG

Zagueiro Beraldo aquecendo antes de jogo do PSG (Alex Caparros/Getty Images)

No dia 26 de março, o Brasil enfrentará a seleção espanhola em um amistoso internacional que terá o reencontro de vários colegas e rivais de times europeus.

PUBLICIDADE

Um desses “conflitos” será o do zagueiro brasileiro Beraldo, do PSG. Recém-chegado na Europa, o jovem reencontrará seu colega Fabián Ruiz no jogo da próxima semana. Ambos atuam sob o comando de Luis Enrique no clube francês e se enfrentarão pela primeira vez por seleções.

Vale destacar que o brasileiro é um “iniciante” no PSG e na seleção brasileira. Ele foi chamado por Dorival Júnior como uma aposta para o futuro do Brasil, que passa por uma renovação importante na defesa, já que o setor tem atletas veteranos que estão próximos da aposentadoria, entre eles Thiago Silva.

PUBLICIDADE

Enquanto isso, Fabián Ruiz já possui algumas participações pela seleção espanhola. Pelo PSG, o meio-campista foi contratado no início da temporada passada, após se destacar pelo Napoli no futebol europeu. Entretanto, não fez uma boa campanha de estreia, quando o time como um todo fracassou sob o comando de Christophe Galtier.

Seleção brasileira terá jogos difíceis na Data Fifa

Essa será sem dúvida a Data Fifa mais difícil para o Brasil, que até então tinha enfrentado na sua maioria equipes consideradas fracas ou adversários conhecidos da América do Sul, como Argentina e Uruguai.

Agora o confronto será contra uma das melhores seleções do mundo, a Inglaterra, que possui uma quantidade inacreditável de talentos individuais, e a Espanha, que busca recuperar seu espaço no futebol mundial após ter feito campanhas ruins nas últimas duas Copas do Mundo.

Será um grande teste para Dorival Júnior, que estará pela primeira vez no comando do Brasil.

PUBLICIDADE