Home Futebol Chelsea tropeça diante do Burnley em casa na Premiere League

Chelsea tropeça diante do Burnley em casa na Premiere League

Os blues chegaram a estar vencendo até os minutos finais após grande atuação de Cole Palmer, porém, o time adversário chegou ao empate

William Nunes
Colaborador do Torcedores
Josh Cullen, do Burnley, é desafiado por Enzo Fernandez, do Chelsea, durante a partida da Premier League entre Chelsea FC e Burnley FC, em Stamford Bridge, em 30 de março de 2024, em Londres, Inglaterra.

Josh Cullen, do Burnley, é desafiado por Enzo Fernandez, do Chelsea, durante a partida da Premier League entre Chelsea FC e Burnley FC, em Stamford Bridge, em 30 de março de 2024, em Londres, Inglaterra. (Foto: Alex Broadway/Getty Images)

Neste sábado (30/03), o Chelsea recebeu o Burnley em Stamford Bridge, em Londres, em jogo válido pela Premier League após a paralisação para a Data Fifa.

PUBLICIDADE

Os blues foram a campo mobilizados para conseguir uma sequência positiva nos últimos meses da temporada. A campanha de Pochettino é um tanto decepcionante para as ambições dos londrinos, entretanto, março foi um mês positivo para o Chelsea, que não perde há quatro rodadas na competição.

Do outro lado, o Burnley vive uma situação desesperadora. Em sua primeira temporada após o retorno para Premier League, o time inglês está na vice-lanterna, com seis pontos de diferença para o primeiro fora da zona de rebaixamento. Sendo assim, o jogo contra o Chelsea era fundamental para pontuar e ter maiores chances de permanecer na elite inglesa.

PUBLICIDADE

Como foi a partida entre Chelsea e Burnley pela Premier League?

A partida começou com o Chelsea pressionando em cima, jogando diante de seus torcedores. Aos 2 minutos, Cole Palmer recebeu na entrada da área e bateu dali mesmo, com a bola passando próximo da trave.

O Burnley também veio para a partida procurando atacar e mostrou isso aos 9 minutos. Jacob Larsen recebeu passe preciso dentro da área e mandou de primeira, com a bola raspando o travessão do goleirão Petrovic.

No minuto seguinte, o Chelsea respondeu com Enzo Fernandez. O argentino entrou na área e bateu alto para o gol, com Muric se esticando para defender.

Em um início de jogo movimentado, as equipes se alternavam no ataque, sempre levando perigo ao adversário.

PUBLICIDADE

O Chelsea acabou levando a melhor e abrindo o placar aos 21 minutos. Após cruzamento na área, Disasi sobe alto e cabeceia muito bem, acertando no cantinho do goleiro e abrindo o placar. Porém, o árbitro revisou o lance no VAR e anulou o gol dos londrinos.

Após a frustração do Chelsea, o Burnley se aproveitou para se lançar ao ataque. Aos 26 minutos, a equipe visitante fez boa jogada e Cullen recebeu na entrada da área. Ele bateu rapidamente, tentando surpreender Petrovic, que teve que fazer uma grande defesa.

A partida se manteve no mesmo ritmo até o finalzinho do primeiro tempo, quando aconteceu uma grande confusão após marcação de penalidade máxima para o Chelsea, que resultou na expulsão de Assignon e do técnico Kompany, ambos do Burnley.

Quem foi para a cobrança foi Cole Palmer, que foi preciso, tirando do goleiro a abrindo o placar, 1 a 0.

PUBLICIDADE

No iniciozinho do segundo tempo, o Burnley mostrou que iria lutar pelos pontos. Aos 48, Cullen recebeu boa bola e, ao encontrar o espaço, bateu para o fundo das redes, empatando o jogo, 1 a 1.

Novamente com a necessidade de marcar, o Chelsea trocava passes procurando formas de penetrar na defesa adversária. Enquanto isso, o Burnley também seguia tentando. Aos 58, Foster encontrou espaço dentro da área e finalizou de cabeça após cruzamento na área, porém, Petrovic estava bem postado para defender.

Aos 78 minutos, o Chelsea chegou novamente ao gol. Desta vez, Sterling deu grande passe no ataque para Palmer, que bateu no canto direito do goleiro adversário, 2 a 1.

Poucos minutos depois, o Burnley reagiu e empatou com O’Shea, que subiu alto, cabeceou e contou com a falha de Petrovic para empatar o jogo em 2 a 2.

PUBLICIDADE

Após o empate, o Chelsea tentou até os minutos finais, porém, não conseguiu marcar o terceiro, terminando a partida empatando com o Burnley em pleno Stamford Bridge.