Home Extracampo Daniel Alves recebe liberdade provisória na Espanha mediante fiança milionária

Daniel Alves recebe liberdade provisória na Espanha mediante fiança milionária

Justiça espanhola aceita pedido da defesa e permite que o atleta aguarde fora da prisão a decisão final do tribunal sobre o crime de agressão sexual

Daniel Linhares
Daniel Linhares é um dos editores do Torcedores.com. Com passe negociado junto à equipe ao final da temporada 2022, segue acumulando experiência e contribuindo para o time conquistar taças. Sempre atento aos assuntos futebolísitcos e os desdobramentos que vão além das quatro linhas.
Daniel Alves

Daniel Alves em coletiva de Imprensa. (Créditos: Mohamed Farag/Getty Images)

Daniel Alves conseguiu liberdade provisória junto à Justiça da Espanha nesta quarta (20). As autoridades espanholas aceitaram o pedido da defesa do atleta mediante uma finaça de 1 milhão de euros. Assim, após ser condenado pelo crime de agressão sexual, o jogador poderá aguardar a sentença definitiva fora da prisão.

PUBLICIDADE

Segundo informações do portal ‘G1’, da Globo, os juízes espanhóis publicaram a decisão na manhã desta quarta, concedendo a liberdade provisória sob uma finaça de 1 milhão de euros, o que equivale a cerca de R$ 5,45 milhões. Além da quantia desembolsada, a Justiça da Espanha determinou mais algumas condições.

O atleta terá seus passaportes, brasileiro e espanhol, retidos pelas autoridades. Além disso, Daniel Alves deve manter distância de ao menos 1 km da vítima, assim como da residência dela e local de atividade profissional.

PUBLICIDADE

O jogador de futebol também não pode tentar entrar em contato com a vítima e não poderá deixar a Espanha. A determinação inclui que Daniel Alves compareça ao Tribunal de Barcelona ao menos uma vez por semana e sempre que for solicitado pelas autoridades.

De acordo com o ‘G1’, a defesa do ex-jogador do São Paulo, Barcelona e outros clubes, ainda não havia confirmado se efetuaria o pagamento da fiança ou não.

Liberdade provisória foi concedida após condenação de Daniel Alves na Espanha

A decisão da Justiça espanhola ocorre depois da defesa do atleta recorrer do julgamento. Em fevereiro de 2024, Daniel Alves foi considerado culpado agressão sexual contra uma jovem de 24 anos.

O ex-jogador da seleção brasileira foi acusado de estuprar a mulher no banheiro de uma boate em Barcelona em dezembro de 2022.

PUBLICIDADE

Após investigação e julgamento, Daniel Alves foi condenado à prisão por quatro anos e meio. Pouco depois do veredicto, a defesa do brasileiro recorreu da decisão e agora recebeu a concessão de liberdade provisória.