Home Futebol Denílson projeta destino de Gabigol no futebol brasileiro: “Salário altíssimo”

Denílson projeta destino de Gabigol no futebol brasileiro: “Salário altíssimo”

Comentarista da Band não sinalizou que o Corinthians tem condições de contratar o atacante do Flamengo

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Gabigol, do Flamengo.

Gabigol com a taça da Libertadores (Gilvan de Souza | Flamengo)

Mantido nos planos do Flamengo, Gabigol segue com futuro indefinido para 2025. Em análise sobre o atual momento do camisa 10, Denílson lembrou que a pedida financeira para renovação do jogador é bastante elevada. Neste cenário, a diretoria pode acabar recuando, já que o atleta se encontra em um momento de pouco brilho em campo.

PUBLICIDADE

“Eu imagino que o desejo do Gabigol seja permanecer no Flamengo. Mas a gente está falando de uma questão financeira, apesar da saúde financeira saudável do Flamengo, são R$ 40-50 milhões de luvas. É muito dinheiro para um jogador. Óbvio que a história dele está aí e ele entrou no hall de grandes ídolos do Flamengo.”, disse, no Jogo Aberto.

Ainda sem renovar com o Flamengo, Gabigol vem sendo especulado em Corinthians e Palmeiras. Em relação ao interesse no atacante, Denílson acredita que, da dupla em questão, o time alviverde tem condições de bancar um salário alto para o jogador de 27 anos.

PUBLICIDADE

“É um salário altíssimo. Não sei se algum clube do futebol brasileiro (pode pagar). De repente o Palmeiras tenha condições de pagar um bom salário para o Gabigol.”, afirmou.

Gabigol no Oriente Médio?

Por fim, Denílson não descartou a possibilidade de Gabigol receber ganhos astronômicos no Mundo Árabe. Como as portas da Europa estão cada vez mais fechadas para um retorno, o comentarista enxerga que os milhões do Oriente Médio podem seduzir o atacante.

“Fato é que ele perdeu espaço. O titular da posição é o Pedro, que é o artilheiro e o time vem jogando bem. Fica uma situação complicada. Ou então ele pode migrar, mudar um pouco de ares, ir pro Mundo Árabe e tal, dentro desses valores que ele está querendo.”, concluiu.