Home Futebol Eric Faria sugere ídolo para vaga de Mattos no Vasco: “Credibilidade”

Eric Faria sugere ídolo para vaga de Mattos no Vasco: “Credibilidade”

Comentarista da Globo aponta qualidades do profissional que tem experiência na função em time da Europa

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
eric faria vasco

Eric Faria, durante o Seleção SporTV (Reprodução/SporTV)

O Vasco surpreendeu o mundo do futebol nesta quinta-feira (21) e anunciou a demissão do diretor de futebol Alexandre Mattos. O clube agora busca um novo profissional para assumir o cargo vago e o jornalista Eric Faria sugeriu o nome de um ídolo da torcida cruzmaltina: Juninho Pernambucano.

PUBLICIDADE

“Acho que estava na hora do Juninho Pernambucano tocar o Vasco. Muito bem preparado. Conhece aqui e a Europa como poucos. Ídolo. Credibilidade. Respeito. Faria uma parceria interessante com o Pedrinho. Sei lá, só uma sugestão. E traria um frescor pro clube”, sugeriu o comentarista da Globo nas redes sociais.

Juninho é ídolo dos torcedores vascaínos pelas duas passagens que teve pelo clube como jogador – a primeira entre 1995 e 2000 e a segunda entre 2011 e 2013.

O ex-jogador atuou como diretor esportivo do Lyon, da França, entre 2019 e 2022.

No fim do ano passado, o jornal francês L’Équipe,  revelou que Juninho Pernambucano havia aceitado convite de John Textor para ser conselheiro da ”Eagle Football”, holding que o dono da SAF do Botafogo faz investimentos no futebol.

O ídolo vascaíno seria uma espécie de conselheiro de Textor em decisões referentes ao Lyon, onde o ex-meia também é ídolo, além de outros clubes da holding como o próprio Botafogo.

PUBLICIDADE

Vasco explica motivação para demissão de Alexandre Mattos

Depois da demissão de Mattos, Lucio Barbosa, CEO da SAF do Vasco, explicou a motivação pela saída.

“Houve uma quebra de confiança, e sem confiança a gente não consegue seguir com o trabalho. Existe autonomia sim, tanto que alguns jogadores foi ele (Mattos) que indicou, mas existe limite. Ninguém pode se achar maior que o Vasco. Esse é o principal recado”, disse.

Eric Faria aponta Alan Patrick descartado por Dorival na seleção brasileira

“Aqui no Brasil a gente tem um ótimo meia-armador. Só que, pela idade, o Dorival não quis chamar, que é o Alan Patrick. A temporada que o Alan Patrick fez no ano passado foi de excelência”, disse Eric Faria no Seleção SporTV.