Home Futebol Mauro Cezar diz que o Fluminense precisa “parar de reclamar” após título da Recopa

Mauro Cezar diz que o Fluminense precisa “parar de reclamar” após título da Recopa

Clube carioca voltou a ser campeão de competição continental, mas para comentarista segue cometendo um erro

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Fluminense e LDU

Fluminense x LDU no Maracanã (LUCAS MERÇON/FLUMINENSE FC)

O Fluminense bateu a LDU por 2 a 0, com dois gols de Jhon Arias, e se sagrou campeão da Recopa Sul-Americana, na quinta-feira (29), no Maracanã. O clube carioca voltou a ser campeão com Fernando Diniz, mas para Mauro Cezar Pereira segue cometendo um erro: as exageradas reclamações contra a arbitragem.

PUBLICIDADE

Para Mauro Cezar, em seu X, antigo Twitter, o time de Fernando Diniz não fez um grande jogo, mas foi insistente e conseguiu a vitória que garantiu o título, mesmo com um jogador a menos após a expulsão de John Kennedy. A LDU havia vencido o jogo de ida por 1 a 0.

Entretanto, o comentarista criticou o excesso de reclamações do Fluminense com a arbitragem nos últimos jogos. Para ele, “não combina com um time vencedor”.

PUBLICIDADE
“Virtude do Fluminense de Diniz não foi jogar bem, pois não foi boa a atuação, mas a insistência, luta, mesmo com um homem a menos, após a justa expulsão de John Kennedy. Mas o Dinizismo precisa parar de reclamar tanto de arbitragem, não combina com um time competitivo e vencedor.”

Fluminense é campeão da Recopa Sul-Americana

O Fluminense se sagrou campeão da Recopa Sul-Americana ao derrubar a LDU, do Equador, no Maracanã. Foi a primeira vitória contra o time equatoriano em disputa de título após as derrotas nas finais da Libertadores, em 2008, e da Copa Sul-Americana, em 2009.

O Flu terminou a etapa inicial sem conseguir abrir o marcados e só fez o primeiro gol da partida aos 31 minutos do segundo tempo, com Jhon Arias. O Fluminense, porém, três minutos depois, ficou com um jogador a menos após John Kennedy ser expulso de forma direta.

PUBLICIDADE

Entretanto, em jogada individual no final da partida, Renago Augusto foi derrubado na área. O árbitro marcou pênalti e Arias bateu para fazer 2 a 0 e dar o título ao clube carioca. No fim, aos 48, o lateral Diogo Barbosa ainda foi expulso e o Flu terminou a partida com dois jogadores a menos.