Home Futebol Mauro Cezar prevê problema para Dorival na seleção brasileira: “Bomba relógio”

Mauro Cezar prevê problema para Dorival na seleção brasileira: “Bomba relógio”

Jornalista avaliou a estreia do Brasil com o novo treinador com vitória em cima da Inglaterra, no Wembley, e projetou futuro

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com
Dorival Júnior estreou com vitória na seleção brasileira

Dorival Júnior estreou com vitória na seleção brasileira (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A seleção brasileira estreou com vitória sob o comando do técnico Dorival Júnior. No Wembley, o Brasil venceu a Inglaterra por 1×0, com gol de Endrick. Durante o programa “Na Área”, o jornalista Mauro Cezar Pereira avaliou a partida e projetou o futuro da equipe.

PUBLICIDADE

Para Mauro Cezar, Dorival Júnior se destacou recentemente com trabalhos curtos. Foi assim na reta final de 2022, no Flamengo, onde conquistou a Libertadores e a Copa do Brasil, e também no São Paulo, em 2023. Por isso, vê o trabalho a longo prazo como grande desafio. Além disso, apontou Neymar como uma possível “grande problema”.

“O grande desafio do Dorival é fazer um trabalho de bom nível por mais tempo e lidar com as estrelas. Não dá para ser subserviente à panela de jogador e o Neymar vai ser convocado em algum momento”, disse Mauro Cezar.

PUBLICIDADE

O jornalista acredita que a convocação de Neymar é uma bomba-relógio que Dorival Júnior vai precisar lidar em algum momento. Atualmente, o craque está se recuperando de grave lesão no joelho.

“O Neymar uma hora vai ficar bom da lesão e aí ele vai ter que lidar com o Neymar, que é uma bomba-relógio. A gente sabe o peso que o cara tem. Imagina que ele coloca o Endrick, os três do Real Madrid (Vini Jr, Rodrygo e Endrick) se entendem maravilhosamente bem e ele tem o trio de ataque titular. O que ele faz com o Neymar? Barra quem? Neymar no banco? (risos) Vai ser interessante observar isso tudo”, projetou Mauro Cezar.

A seleção brasileira volta a campo nesta terça-feira em mais um amistoso europeu. Às 17h30 (de Brasília), a equipe comandada por Dorival enfrenta a Espanha.