Home Futebol Trajano “corneta” estrela da seleção brasileira: “Não vejo jogar essa bola toda”

Trajano “corneta” estrela da seleção brasileira: “Não vejo jogar essa bola toda”

Jornalista fez alerta sobre futebol apresentado na seleção em relação ao desempenho em solo europeu

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Inglaterra x Brasil.

Inglaterra x Brasil, amistoso em Wembley (Rafael Ribeiro/ CBF)

Sem Neymar à disposição, Rodrygo foi escolhido para assumir a camisa 10 do Brasil na atual Data Fifa. Apesar da experiência do jogador na seleção, tendo em vista a presença na Copa do Mundo do Catar, José Trajano ainda não vê o mesmo brilho das atuações no Real Madrid. Neste cenário, houve uma sinalização de que o ‘Raio’ será sacado para a entrada de Neymar em um futuro próximo.

PUBLICIDADE

“Eu acho que é bom jogador, mas eu não vejo o Rodrygo jogar essa bola toda que falam que ele joga, principalmente na seleção. Na seleção, eu não vejo ele jogar, no Real Madrid é outra história. Eu acho que ele está guardando lugar para o Neymar.”, disse Juca Kfouri, no programa Posse de Bola, do UOL Esporte.

Discordando da opinião, Mauro Cezar lembrou que Rodrygo não sentiu a pressão de jogar no Real Madrid. Após deixar o Santos, o atacante teve paciência para ganhar espaço e se tornar titular no clube merengue, motivo pelo qual vestir a camisa 10 do Brasil sequer seria um problema.

PUBLICIDADE

“Jogador do Real Madrid, a camisa não pesa? É mais difícil o moleque jogar no Real Madrid do que na seleção brasileira. Ele é brasileiro, começou no Brasil e as pessoas conhecem ele desde novinho. No Real Madrid, você é mais um sul-americano que tem que mostrar bola, a cobrança é de uma torcida global.”, afirmou Mauro Cezar.

“Eu não vejo o Rodrygo brilhar na seleção como brilha no Real Madrid. O próprio Vini Júnior não brilha na seleção como brilha no Real Madrid.”, completou Trajano.

Trajano reprova titularidade na seleção brasileira

Assim como Mauro Cezar, Trajano apontou que Raphinha possui um status inexplicável no Brasil. Apagado diante da Inglaterra, o atleta do Barcelona, contra a Espanha, pode perder a vaga no setor ofensivo para Endrick.

“Na seleção, quem não tem lugar é o Raphinha. Eu não sei porque ele sempre é titular. Entra técnico e muda técnico e o Raphinha está lá.”, afirmou Trajano.

PUBLICIDADE