Home Futebol Zé Elias aponta jogador ‘desleal’ do futebol brasileiro: “Tem maldade”

Zé Elias aponta jogador ‘desleal’ do futebol brasileiro: “Tem maldade”

Ex-jogador citou histórico e disse ver intencionalidade do atleta do Timão nas jogadas de divididas contra os adversários

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Zé Elias, ex-jogador e comentarista

Zé Elias durante programa

Conhecido por ter opiniões contundentes, o comentarista Zé Elias subiu o tom contra o lateral-direito Fagner, após o atleta do Corinthians ter sido expulso no amistoso no início da semana, diante do Londrina, em Cascavel.

PUBLICIDADE

Durante programa da ESPN, o ex-jogador disse “ver maldade” em algumas entradas do experiente jogador de 34 anos, e disse haver dois tipos de jogadores mais ríspidos, um grupo que entra duro, mas sem intenção de machucar, e outro que tem certas propositais, citando Fagner neste segundo segmento.

“Eu acho que a frequência está maior agora. Eu acho os dois (maldade e descontrole emocional). Você tem o descontrole emocional, que é um gatilho, que a questão ‘vou me proteger’, e a maldade.”, iniciou Zé Elias.

PUBLICIDADE

“Uma coisa é você chegar duro na bola no jogo, outra coisa é você levantar o cotovelo e largar na cara do companheiro. Isso aí não é lealdade, isso é desleal. Porque você está jogando sujo, você indo para machucar. Há aquele cara que joga duro, e o cara desleal”, complementou o ex-jogador, citando Fagner, quando foi desafiado a citar um jogador que não é leal.

Criticado por Zé Elias, Fagner protagonizou desentendimento após entrada

O embate amistoso no sul do país tinha recém começado o segundo tempo, quando Fagner deu entrada sem bola em Iago Telles. O atleta do Londrina revidou empurrando o lateral do Corinthians, que foi ao chão e levantou de imediato. Depois da confusão formada, envolvendo outros jogadores, que tentaram apartar, o árbitro da partida aplicou o cartão vermelho para os dois que iniciaram o entrevero.

Além de Zé Elias, o jornalista Renato Maurício Prado, o RMP, criticou a atitude de Fagner, classificando-o como um “marginal”. “Até em amistoso, Fagner agride o adversário. É um marginal do futebol. Já deveria ter sido banido faz tempo”, disparou o jornalista.