Home Futebol Árbitro da final do Paulistão entre Palmeiras e Santos, Raphael Claus vê resultado legítimo

Árbitro da final do Paulistão entre Palmeiras e Santos, Raphael Claus vê resultado legítimo

Responsável pelo apito foi indagado sobre sua decisão na marcação de pênalti cometido pelo Peixe contra o Verdão e outras polêmicas na final do torneio estadual

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Arbitragem no Paulistão

Equipe dr arbitragem de Raphael Claus no Palmeiras x Santos (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras/by Canon)

A partida entre Palmeiras e Santos no domingo (07) continua rendendo polêmicas. Muito se comentou nos programas de mídia esportiva sobre a validade do pênalti sobre Endrick que gerou o empate do Alviverde para, posteriormente, ter a consagração do título em gol de Anibal Moreno. Entre as reclamações, está o fato de Raphael Claus ter apitado as últimas três finais estaduais, o árbitro se defendeu.

PUBLICIDADE

Raphael Claus se defende de lance polêmico em Palmeiras e Santos na final do Paulistão 2024

Em entrevista à TNT Sports, o árbitro do estadual foi questionado sobre a legalidade da jogada que gerou o pênalti marcado. A polêmica gerada não veio necessariamente por conta da falta, mas pela intervenção do VAR na revisão.

Os questionamentos são sobre o árbitro de vídeo interferir após reinício de jogo e a cobrança do tiro de meta que gerou a penalidade máxima do goleiro do Peixe no atacante do Verdão.

PUBLICIDADE

A escolha de Raphael Claus como árbitro nas últimas três finais do Campeonato Paulista também rendeu repercussão entre muitos torcedores. No entanto, o Claus é o árbitro melhor rankeado na FPF, portanto, a decisão da entidade não é suspeita como alguns apontam.

Durante entrevista, Raphael Claus afirmou: “É sempre um trabalho duro, mas o resultado final foi legitimado. A jogada do próprio VAR mesmo, bem clara assim, você vendo a imagem, é claro que no campo às vezes a gente tem um pouco de dificuldade, né? O jogador às vezes passa na sua frente”.

Além da postura de torcedores e alguns comentaristas esportivos, Pituca se mostrou visivelmente irritado durante a festa do Paulistão nesta segunda-feira (08),

Na ocasião, o meio-campista detonou: “Difícil, né? Tem que jogar contra o adversário, tem que jogar contra o juiz, jogar contra o VAR, é complicado, né? Sabíamos que seria um jogo difícil, não desmerecendo o Palmeiras, mereceram os gols, mas achei o pênalti um pouco duvidoso”.

PUBLICIDADE