Home Futebol Athletico-PR atropela Sportivo Ameliano na estreia da Sul-Americana

Athletico-PR atropela Sportivo Ameliano na estreia da Sul-Americana

Furacão manteve o adversário sob pressão durante os 90 minutos de jogo

Bruno Bravo Duarte
Jornalista e editor com atuação nos portais Torcedores.com e Naspistas.com. Teve passagens por Euqueroinvestir.com, Jornal Povo, Niterói TV, Jornal A Orla e Jornal do Rock. Apaixonado por futebol e automobilismo, torcedor do América-RJ, tifosi de carteirinha e Youtuber nas horas vagas.
Athletico-PR na Sul-Americana

Jogadores do Furacão celebram a vitória (Reprodução - Athletico-PR - Twitter)

O Athletico-PR não encontrou dificuldades para golear o Sportivo Ameliano por 4 a 1 nesta terça-feira (02), em partida válida pela fase de grupos da Copa Sul-Americana, em Assunção. Com o resultado, o Furacão conquistou a liderança do Grupo E da competição, com três pontos.

PUBLICIDADE

O destaque do time brasileiro foi Zapelli, que contabilizou um gol e uma assistência que resultou em outro tento.

Sportivo Ameliano x Athetico-PR

O Athletico-PR entrou em campo determinado a golear o Sportivo Ameliano nesta noite. Desta forma, o Furacão se beneficiou da fragilidade defensiva do adversário para inaugurar o marcador seis minutos. Zapelli serviu Mastriani, que não titubeou para marcar.

PUBLICIDADE

O adversário não se intimidou diante da movimentação do escrete brasileiro. A resposta do Sportivo Ameliano saiu dos pés de Vera, que arrancou o empate aos 14 minutos.

O grande destaque do Athletico foi Zapelli, que estava em uma noite inspirada. O camisa 10 do Furacão quase marcou um tento aos 25 minutos, chutando rente ao travessão do adversário. Na sequência, o craque deixou a sua marca com um verdadeiro golaço.

O bom desempenho animou o Furacão que conseguiu ampliar no final do primeiro tempo. Fernandinho chutou para a meta, contando com o auxílio de Silvio Torales. A bola tocou no jogador do Sportivo Ameliano, enganando o goleiro.

Enquanto o Furacão manteve um ritmo de treino no segundo tempo, os paraguaios apresentaram grande imprecisão em seu ataque. Cannobio teve um tiro neutralizado por Nicolas Rossi no início da etapa. Já aos 28′, Esquivel cruzou para Mastriani decretar a goleada. Placar final, 4 a 1

PUBLICIDADE