Home Futebol Benja indica time que está “perdendo o respeito” no Brasil: “É desesperador”

Benja indica time que está “perdendo o respeito” no Brasil: “É desesperador”

Apresentador também deixou aviso sobre reforço milionário contratado no mercado da bola

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Benjamin Back.

Benja, apresentador da CNN (Reprodução)

Pessimista com o futuro do Corinthians, Benjamin Back disparou após o empate diante do Racing, no Uruguai, pela Sul-Americana. Apesar do período de treinos, houve uma sinalização de que o Timão sequer evoluiu e segue mostrando problemas sérios em campo. Neste cenário, o comunicador da CNN sinalizou que a temporada pode reservar mais frustrações.

PUBLICIDADE

“O Corinthians só ganhou de time morto. Não ganhou da Ponte Preta! O time da Ponte era sofrível e não ganhou! Eu vi cara comemorando 3 a 0 contra o Londrina, um amistoso. É desesperador ver o Corinthians jogar. Quem viu o Corinthians jogar, qual a perspectiva que tem, baseado no que viu ontem (contra o Racing-URU)?”, iniciou Benja, no programa Papo Reto.

Na sequência, Benja apontou que o Corinthians vem perdendo força atuando em casa. Bastante forte na Neo Química Arena em um passado recente, a equipe alvinegra, na visão do apresentador, está perdendo o respeito dos adversários.

PUBLICIDADE

“A gente precisa botar uma coisa na consciência. Nos últimos anos, o Corinthians vem perdendo o respeito dos adversários até em casa! É isso que está acontecendo. Ano passado, todo mundo ia na Arena em Itaquera e deitava e rolava no Corinthians. O Ituano eliminou o Corinthians na Arena, o Argentinos Juniors botou o Corinthians na roda. Pega a Ponte e não ganha. Tem alguma coisa estranha acontecendo.”, alertou.

Benja deixa aviso envolvendo reforço badalado do Corinthians

Cobiçado no mercado da bola, Igor Coronado escolheu o projeto do Corinthians após deixar o Al-Ittihad. Ainda que o meia possa ser importante, Benja acredita que a diretoria deveria ter investido o valor de R$ 2 milhões por mês na contratação de Gabigol, do Flamengo.

“Eu nunca vi o Coronado, cara. Espero que ele jogue bem aqui, mas eu não sei quem é o cara. Não dá para jogar expectativa em um jogador que ninguém viu (…) R$ 2 ‘pau’ por mês, cara? O Flamengo e o Palmeiras falaram: ‘Essa loucura nós não vamos fazer’.”

“Por 2 ‘pau’ por mês, tinha que ter trazido o Gabigol mesmo, o Bruno Henrique… no meio do ano, pode assinar (um pré-contrato). O Flamengo queria se livrar do cara. O Corinthians nunca chegou oficialmente para conversar oficialmente. Trocaram meia dúzia de palavras com o empresário. O Flamengo estava louco para se livrar do Gabigol, ainda mais com essa pic… do doping.”, contou.

PUBLICIDADE