Home Futebol Carille vê Santos ‘errando muito’ contra Paysandu e espera melhora: “Podemos mais”

Carille vê Santos ‘errando muito’ contra Paysandu e espera melhora: “Podemos mais”

Estreia santista no Brasileirão Série B foi com vitória sobre o time paraense neste sábado (20) pelo placar de 2 a 0

Victor Martins
De Santo André-SP, formado em Jornalismo pela Unversidade Metodista de São Paulo (classe de 2010-13), trabalhando no Torcedores desde janeiro de 2016 (ou algo neste sentido). Iniciado na profissão desde meados de 2006, ao fazer a cobertura da Copa do Mundo da Alemanha para o site Abolanet. cobrindo jogos e os destaques de algumas seleções durante o evento, e posteriormente trabalhando neste até cerca de 2007. Entre os anos de 2008 e 2015, trabalhei para uma agência de notícias que produziu conteúdo para diversas páginas. Destas, principalmente a da Federação Paulista de Futebol, fazendo serviços de placar ao vivo das mais diversas competições (nacionais e internacionais) e serviços de pós-jogo focados nos clubes de São Paulo Desde 2016 venho trabalhando no Torcedores, onde venho desempenhando uma série de funções dentro do site, como setorista de clubes do futebol brasileiro e de outros esportes (MMA), além de trabalhar em várias partes do organograma da página. Atualmente, exerço trabalho na cobertura de futebol nacional e internacional, com a criação de matérias sobre clubes e jogadores, além de produção de guias de TV (onde assistir aos jogos) das partidas dos mais variados torneios no Brasil e no mundo
Fábio Carille

Fábio Carille durante Santos x Paysandu (Foto: Raul Baretta/ Santos FC.)

A trajetória do Santos no Brasileirão Série B começou com vitória. O Peixe derrotou por 2 a 0 o Paysandu na tarde deste sábado na Vila Belmiro pelo placar de 2 a 0, mas nem tudo no desempenho do time foi visto com satisfação pelo técnico Fábio Carille

PUBLICIDADE

Em sua análise da partida, Carille viu os santistas ‘errando muito’ e não se impondo diante do Papão da Curuzu, em especial durante a primeira etapa. Na visão do treinador, a equipe ‘não pode aceitar’ um desempenho como este, diferente do mostrado na campanha do vice-campeonato paulista.

“Eu verei amanhã (domingo) ou segunda em casa, para a gente ter uma ideia melhor. Primeiro, erramos muito taticamente. Muitos passes, não podemos aceitar. Nosso rival ficou muito no nosso campo. Erramos passe longe da marcação. A equipe se organiza com a bola no pé. Vai ficando complicado. Vou ver melhor”, disse Carille.

PUBLICIDADE

Depois de um primeiro tempo em que se viu pressionado em vários momentos, o Santos conseguiu se achar na segunda etapa, muito por contas de mudanças feitas pelo treinador. As entradas de JP Chermont e Rodrigo Ferreira acabaram melhorando o sistema ofensivo do time e dando ao Peixe a mobilidade necessária para conseguir a vitória na estreia.

“Foi um primeiro tempo lento, de muito erro de passe para dentro. O jogo era para a gente chegar mais pelos lados e agredir a área. Começamos a forçar muito a bola no Enzo. Erramos muito passe. O Paysandu ganhou confiança, já tínhamos visto que era um time muito organizado. Tivemos mais dificuldade pela nossa postura do que por outra coisa”, declarou Carille.

“Chegamos mais, agredimos mais. no pouco que melhoramos. Mas sabemos que podemos mais. Pelo que fizemos no Paulista, é bom que seja no primeiro jogo e é bom que a gente ganhou para melhorar mais”, completou o treinador do Peixe.