Home Futebol Cicinho aponta time mais difícil de ser batido no Brasil hoje

Cicinho aponta time mais difícil de ser batido no Brasil hoje

Ex-jogador destacou a aplicação dos jogadores ao esquema implantado pelo comandante técnico e toda a solidez defensiva ostentada

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Cicinho, ex-jogador do SPFC

Cicinho comentando no programa "Arena SBT" (Reprodução - SBT Sports - YouTube)

O programa “Arena SBT” debateu nesta segunda-feira (08) sobre o domínio de Flamengo e Palmeiras nas últimas temporadas, e quem vivencia um melhor momento. Ao falar do assunto, o comentarista Cicinho citou o rubro-negro como melhor tecnicamente, mas frisou que o concorrente paulista é o time mais difícil de ser superado no território nacional.

PUBLICIDADE

“Eu acho mais difícil ganhar do Palmeiras. O melhor time é o Flamengo, pelas peças. Só que o Flamengo é um time que sai muito mais para o jogo. Se expõe mais. O Palmeiras é mais defensivo, lógico, tem seus objetivos de ataque, mas é muito mais defensivo que ofensivamente”, iniciou Cicinho.

“O sistema defensivo do Palmeiras é muito obediente. O Marcos Rocha é um lateral e joga como um zagueiro, custa passar do meio-campo”, complementou o ex-jogador.

PUBLICIDADE

Campeão do Paulistão 2024, o alviverde chegou ao décimo título conquistado na “Era Abel Ferreira”. Em menos de 10 anos de Allianz Parque, o clube já faturou oito títulos no palco, o que denota a sinergia entre torcida e time e a importância do apoio vindo das arquibancadas e o efeito campo.

Cicinho dá palpite sobre campeão do Brasileirão

Ainda no programa, Cicinho disse que a Série A pode ter surpresa na temporada 2024 em termos de corrida pelo título. Para o ex-jogador, o Grêmio pode desbancar Flamengo e Palmeiras, que são elencados por muitos como postulantes ao certame que começa neste final de semana.

No comentário, ele exaltou o potencial do técnico Renato Gaúcho em gerir o grupo e recuperar jogadores importantes, citando Diego Costa como grande exemplo. Contratado neste início de temporada, o experiente atacante foi protagonista na conquista do Gauchão, anotando seis gols e uma assistência em apenas seis jogos realizados.