Home Futebol Mauro Cezar explica o que o Flamengo precisa para ser líder do grupo da Libertadores: “Pouco provável”

Mauro Cezar explica o que o Flamengo precisa para ser líder do grupo da Libertadores: “Pouco provável”

Jornalista analisou o cenário do Rubro-Negro, que tem apenas quatro pontos no início da competição e deve fazer as contas para conseguir a primeira posição

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Viña, Flamengo

Viña comemora gol pelo Flamengo (Gilvan de Souza /CRF)

O Flamengo perdeu para o Bolívar na última quarta-feira (24), em La Paz, pela 3ª rodada do grupo E da Copa Libertadores da América, e viu o adversário disparar na liderança da chave. Com isso, o comentarista Mauro Cezar Pereira, em live realizada em seu canal do Youtube, explicou o que o time precisa para conseguir a classificação como primeiro colocado.

PUBLICIDADE

O Flamengo tem, hoje, quatro pontos após três jogos no torenio continental, uma vitória, sobre o Palestino, do Chile, em casa, um empate, com o Millonarios, da Colômbia, fora de casa, e a derrota para o Bolívar por 2 a 1 na Bolívia.

O Bolívar, por sua vez, venceu seus três jogos no primeiro turno do grupo e tem nove pontos.

PUBLICIDADE

“A chance é matemática. Tem que fazer nove pontos e não é impossível. Palestino fora, Millonarios e Bolívar em casa. O Flamengo tem quatro pontos iria a 13. O Bolívar tem nove pontos”, apontou o comentarista.

“Se o Bolívar ganhar do Palestino, e vai ganhar, vai a 12, e ele não poderia fazer mais do que um ponto (nos dois jogos seguintes), aí vai precisar do saldo de gols”, explicou Mauro Cezar sobre a matemática do grupo E da Libertadores. O jornalista ainda projetou que o clube da Gávea precisa ter atenção também ao saldo de gols.

“Se (o Bolívar) empatar com o Millonarios, vai a 13. Se perde do Millonarios vai a 12 e perderia para o Flamengo. Então o Flamengo tem que até pensar em saldo de gols. O Bolívar fez 4 no Plaestino no Chile. Pode chegar aos 13 pontos também”, alerta o jornalista

Mauro Cezar admitiu que é “pouco provável” o Flamengo líder do grupo na Libertadores

Na sequência da live, o comentarista disse que “é um bucado feio” o Rubro-Negro, com o investimento milionário, ficar atrás do Bolívar na fase de grupos. Ele ainda disse que é pouco provável que o time fique com a liderança.

PUBLICIDADE

“É pouco provável (que o Flamengo seja líder). Há chance. Embora eu ache que ser o primeiro da chave é importante, mas não é o fundamental. Mas para o Flamengo, com esse investimento, não ser o primeio da chave é um bucado feio”, admitiu o comentarista.