Home Futebol Neto aponta possível eliminação de time brasileiro na Libertadores

Neto aponta possível eliminação de time brasileiro na Libertadores

Ex-jogador destacou como os dois revezes deixam a equipe em situação de risco no torneio continental já que a chave se mostra complicada

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Neto, ex-jogador

Neto no comando do programa "Os Donos da Bola" (Reprodução - YouTube)

A Copa Libertadores está vivenciando nesta semana a disputa da segunda rodada da fase de grupos. Depois de perder na estreia para o The Strongest, na altitude da Bolívia, o Grêmio caiu em casa para o Huachipato, e viu o cenário se complicar no Grupo C. No programa “Os Donos da Bola” desta quarta-feira (10), o apresentador Neto alertou o time brasileiro sobre a grande possibilidade de queda precoce.

PUBLICIDADE

Na avaliação do ex-jogador, o Grêmio não pode der derrotado em nenhum dos quatro jogos restantes nesta fase do torneio. Caso contrário, terá que se contentar com briga para ir à Copa Sul-Americana.

“Em relação ao Grêmio, não pode perder o segundo jogo. Fica difícil agora pela classificação. Não pode perder em casa. Agora pega o Estudiantes na Argentina. Não pode perder mais, se perder, está fora”, alertou Neto.

PUBLICIDADE

Com o segundo resultado negativo, o Grêmio ocupa a lanterna da chave zerado de pontuação, enquanto Huachipato e Estudiantes dividem a liderança. O cenário só não foi pior na rodada porque o The Strongest acabou cedendo o empate para o time de La Plata na reta final do jogo, caso contrário os bolivianos estariam no topo, com seis tentos.

O próximo compromisso dos comandados de Renato Gaúcho está agendado para o dia 23 de abril, diante do Estudiantes, no Estádio Jorge Luis Hirschi.

Neto volta a se declarar ao Grêmio

Em outro momento do programa, Neto falou mais uma vez do seu carinho e admiração pelo Grêmio. Segundo ele, quando dava os primeiros passos na profissionalização da carreira, o time sulista tinha sua torcida e os jogadores do início da década de 1980 eram inspiração.

“Eu amo o Grêmio, as pessoas não sabem. Em 1983, eu comecei a ficar apaixonado pelo Grêmio por conta do Osvaldo. Ele foi artilheiro da Libertadores. O Renato fez os dois gols do Mundial, mas sem ele o time não tinha sido campeão da Libertadores”, revelou o apresentador, que publicamente já revelou sobre a relação que possui com o Imortal, clube no qual gostaria de ter atuado quando jogador.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial