Home Futebol António Oliveira cita jogador que foi um “achado” para o Corinthians

António Oliveira cita jogador que foi um “achado” para o Corinthians

Bidon foi promovido das categorias de base do Timão e tem rendido excelentes resultados ao clube

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
António Oliveira

António Oliveira, técnico do Corinthians em treino - (Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians vive boa fase após classificação na Sul-Americana com goleada. Entre os principais destaques para o sucesso do elenco está o bom desempenho nos gramados de Breno Bidon. O meia formado nas categorias de base do Timão tem rendido boas participações e ganhou a confiança dos torcedores. Em entrevista, António Oliveira rasgou elogios ao jogador.

PUBLICIDADE

António Oliveira elogia Breno Bidon

Em entrevista ao Portal UOL, o técnico do Corinthians foi questionado por André Hernan sobre o elenco e as mudanças recentes nos resultados. Sobre este quesito, António Oliveira não poupou palavras e se rendeu ao meia, afirmando: “Foi um achado, o Bidon. O Breno foi uma busca, quando vi (…). Olha esse menino aí. O Breno é uma pérola, um diamante que o clube tem aqui. E vou dizer mais, foi um jogador que estava todos aqui que não tinham expectativas para lugar nenhum”.

O meia atualmente é titular indiscutível do Corinthians, mas nas categorias de base, apesar do seu talento, não era considerado uma das principais promessas. António Oliveira relembrou do Campeonato Paulista, quando acionou a Bidon contra o Água Santa, quando estava com dez jogadores, e pensou: “Que jogador é este”.

PUBLICIDADE

Na opinião de António Oliveira, ninguém fala sobre Breno Bidon porque é um atleta que cumpre suas funções táticas dentro do jogo e também é um jogador que costuma compensar as funções de outros. Portanto, o treinador disse que, em questão de estatísticas, por vezes as equipes analisam assistências e gols, mas não enxergam aqueles que “equilibram” a equipe.

Portanto, o treinador do Corinthians elogiou Bidon por “sempre compensar os espaços que outros abandaram”, mas também apontou como características importantes do jovem atleta sua capacidade de passe e precisão. Finalmente, António Oliveira cravou que não dará um valor de venda para o jogador, mas relembrou que já lançou ao profissional outros atletas e classificou o jovem como “um diamante”, alertando o Timão para não desperdiçar essa oportunidade para futuro faturamento.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial