Home Futebol Arnaldo Ribeiro aponta motivo para expulsão de Fernando Diniz em jogo do Fluminense

Arnaldo Ribeiro aponta motivo para expulsão de Fernando Diniz em jogo do Fluminense

Comentarista acredita que demissão da seleção brasileira pode ter incentivado temperamento

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Fernando Diniz

Fernando Diniz em entrevista coletiva após partida contra o SPFC (FOTO DE LUCAS MERÇON / FLUMINENSE FC)

Não há dúvidas que, na última temporada, Fernando Diniz teve mais problemas à beira de campo do que em outros momentos. Nesta segunda-feira (13), o Fluminense visitou o São Paulo e foi derrotado por 2 a 0. Entretanto, talvez o momento mais marcante da partida tenha sido a expulsão do treinador do Tricolor após se exaltar com Luciano. Arnaldo Ribeiro analisou as atitudes recentes do comandante.

PUBLICIDADE

Arnaldo Ribeiro detona comportamento de Fernando Diniz

Em programa G4 da Bandsports, os comentaristas debateram a postura recente do treinador do Fluminense. O comentarista Arnaldo Ribeiro acredita que há alguns detalhes similares entre a discussão com Luciano e o momento em que Fernando Diniz teve uma desavença com Tchê Tchê em Bragança Paulista no passado.

O jornalista esportivo analisou os recentes momentos à beira do campo do treinador e disse: “O Diniz é a mesma coisa que o Abel. Mal-educado, desrespeitoso e isso, o palavrão no futebol é um código, mas você tem certos limites. E para um técnico de futebol é diferente do que para um jogador de futebol. (…) Esse tipo de situação para mim não é aceitável e é um tipo de intimidação”.

PUBLICIDADE

Arnaldo Ribeiro ainda detonou o fato de Fernando Diniz sempre relembrar que teve estudos na área da psicologia e das relações humanas. O comentarista esportivo ainda explicou o motivo pelo qual tem um comportamento mais complicado recentemente: “Ele está visivelmente abalado pela demissão da seleção brasileira. Pela forma como ele foi defefrado do cargo, completamente abalado. Reativo e mais, o time dele não está jogando nada em 2024”.

Portanto, o jornalista esportivo acredita que sempre que há um “chilique” há alguns fatores que motivam a atitude negativa e outras nas quais deveria estar se preocupando. Relembrando que Fernando Diniz não esteve presente em uma parte do Campeonato Carioca pelo seu comportamento à beira do campo.