Home Futebol Cicinho “livra” time de rebaixamento no Brasileirão Série A

Cicinho “livra” time de rebaixamento no Brasileirão Série A

Ex-jogador vê equipe com futebol abaixo da média, mas foi enfático ao descartar possível risco de descenso para a segunda divisão

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Cicinho, ex-jogador

Cicinho em entrevista ao podcast "PodPah" (Reprodução - YouTube)

A disputa do Brasileirão 2024 começa a engrenar. No programa “Arena SBT” desta segunda-feira (13), o narrador Cleber Machado questionou o comentarista Cicinho em dois pontos: “O Fluminense vai brigar contra a degola? O SPFC vai brigar pelo título? O ex-lateral respondeu “Não” e “Sim”, para cada uma das perguntas.

PUBLICIDADE

Na visão de Cicinho, apesar do Fluminense fechar a 6ª rodada do certame dentro da temida zona de rebaixamento, tendo cinco tentos em 18 disputados, o time tem totais condições de reagir, e não vai flertar com a degola. Derrotado diante do SPFC pelo placar de 2 a 1, no MorumBIS, o Tricolor das Laranjeiras chegou ao terceiro revés na competição.

Na configuração de momento, o Z4 ainda é composto por Cuiabá, Atlético-GO e Vitória, trio que ainda não venceu na disputa. O Dourado, no entanto, possui apenas quatro jogos, enquanto o Fluminense aparece com dois jogos a mais.

PUBLICIDADE

Antes de retornar as atenções para o Brasileirão, o Flu volta a campo nesta quinta-feira (16), às 19h (de Brasília), diante do Cerro Porteño, no Maracanã.

Cicinho critica estilo de jogo do Fernando Diniz

Ainda em outro momento do programa, Cicinho teceu comentários críticos ao Flu, classificando que o time se mostra como “pragmático” e que se expõe de forma excessiva com o perfil de atuar de Diniz, se tornando uma “presa fácil” para os adversários.

No comentário em questão, ele citou o gol de empate do SPFC, que saiu após uma pressão na saída de bola recuada para o goleiro Fabio.

“O Fluminense consegue tomar gol de escanteio rasteiro. O time se expõe a isso. Não precisa sofrer defensivamente como aconteceu contra o SPFC. O time do Fluminense não é ruim, mas os adversários perceberam que pressionando a saída de bola, você está muito mais perto do gol”, detonou o ex-jogador.

PUBLICIDADE