Home Futebol Edmundo aponta SAF que está ‘manchada’ no futebol brasileiro

Edmundo aponta SAF que está ‘manchada’ no futebol brasileiro

Ex-jogador chamou atenção para postura do grupo norte-americano em termos de projeto esportivo e movimentação no mercado

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Edmundo, ex-jogador

Edmundo durante entrevista ao podcast "Futbolaço" (Reprodução - YouTube)

Crítico da gestão da 777 Partners no Vasco, o ex-atacante Edmundo voltou a subir o tom contra a empresa, em live publicada na última semana, no canal “Mundo Ed”. Na avaliação do ídolo Cruz-Maltino, o grupo não irá fazer um novo aporte (injetar dinheiro) no clube carioca, e tem ficado em situação cada vez mais delicada.

PUBLICIDADE

No bate papo acerca da 777 Partners ter sido afastada do comando do Vasco, Edmundo opinou que essa liminar não irá cair com tanta facilidade, e aproveitou para alfinetar a empresa, que vem acumulando polêmicas em outros clubes que administra.

“O clima era o pior possível. Pior que está, não fica. Eu não sei se essa liminar vai cair com tanta facilidade. E neste período, hoje eu diria que a 777 está mais frágil para negociar”, iniciou Edmundo.

PUBLICIDADE

“Eu não acho que eles vão fazer o aporte. Isso é pra ser feito até o dia 12 de setembro. Então, se eles que quisessem fazer, até pra melhorar a imagem deles aqui no Brasil, eles já teria feito o aporte. Se eles tivessem projeto esportivo, eles já teriam tentado contratar jogadores importantes. Não acho que essa liminar vai cair com tanta facilidade”, complementou o ex-jogador.

Edmundo sai em defesa de Medel

Em outra live realizada durante a semana, Edmundo criticou o posicionamento do Vasco no caso de Gary Medel, jogador que perdeu espaço após a saída de Ramón Díaz. Na avaliação do ídolo Cruz-Maltino é necessário ter uma conversa para resolver de imediato a situação do experiente jogador chileno.

“Eu acho que tem que separar as coisas. O Vasco tem contrato com Medel até dezembro de 2024. Um contrato de multa. Acho que devem sentar com o atleta e conversar. Eu sou contra, extremamente contra, afastá-lo, deixar o cara de lado. Foi útil na temporada passada, e não acho justo”, disse o ex-jogador.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial