Home Futebol Eduardo da Silva relembra época no Flamengo: “Fico feliz de ter sido importante”

Eduardo da Silva relembra época no Flamengo: “Fico feliz de ter sido importante”

O atacante teve passagem de uma temporada no Rubro-Negro e conversou com Zico sobre a fase

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Eduardo da Silva

Eduardo da Silva durante passagem pelo Flamengo (Créditos: Arquivo do Flamengo)

Durante entrevista com Zico no programa Resenha do Galinho, o ídolo do Flamengo conversou com o ex-atacante Eduardo da Silva. O jogador foi importante durante uma temporada no Rubro-Negro, onde disputou 49 partidas e 14 gols. O atleta se mostrou feliz com a sua época com o Mais Querido.

PUBLICIDADE

Eduardo da Silva relembrou de passagem pelo Mais Querido com carinho

Em programa Resenha do Galinho, Zico questionou Eduardo da Silva sobre como foi a sua chegada ao Flamengo, o ex-atacante afirmou: “Eu já estava no Brasil, na Copa do Mundo pela Croácia em 2014. Meu contrato na Ucrânia, eu jogava naquela época no Shakhtar Donetsk (…) naquela época, em 2014, já estava iniciando a guerra. Eu lembro dos meus companheiros que não iam voltar para lá, que não ia ter Champions League, que não ia ter Campeonato e meu contrato estava acabando com Shakhtar e o clube queria que renovasse”.

Foi este episódio que motivou Eduardo da Silva, que jogava pela Croácia após naturalização, a que rendeu o convite do Flamengo para atuar no clube. Eduardo da Silva relembrou que o Rubro-Negro estava na lanterna do Brasileirão Série A em uma fase extremamente complicada.

PUBLICIDADE

O ex-jogador completou: “Chegou o Vanderlei Luxemburgo e começou a arrumar a casa lá, entrou na mente dos jogadores. Contou a realidade sobre o que significa o Flamengo e depois de uma semana, ele me pergunta: está preparado? (…) Estou aí para ajudar, me bota na fogueira, estou treinando físico, com bola (…) Começou a me colocar nos jogos e do meu lado, Deus abençoou e consegui fazer uns gols, dando vitórias ao Flamengo e começou a sair da zona da confusão”.

Por último, Zico relembrou a importância de Eduardo da Silva de salvar o Flamengo daquela fatídica temporada de 2014. O ex-atacante encerrou afirmando: “Foi incrível, pensar que foi num momento diferente”.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial