Home Futebol Jogadores do Flamengo reagem à atitude polêmica de Gabigol: “Deu mole”

Jogadores do Flamengo reagem à atitude polêmica de Gabigol: “Deu mole”

Elenco e funcionários do rubro-negro tem sentimento quase que unânime em relação a postura de Gabriel Barbosa

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Gabigol

Atacante é punido após foto vazada com camisa rival - Divulgação/Flamengo

A foto vazada de Gabigol com a camisa do Corinthians desagradou não somente a alta cúpula do Flamengo, mas demais funcionários e alguns jogadores. Segundo informações publicadas pelo site ge.com, a frase “Isso não existe, deu muito mole” era o resumo da resenha dentro do Ninho do Urubu.

PUBLICIDADE

De acordo com a publicação, a nova crise criada pelo agora atacante causou perplexidade no CT e pegou mal com quase todo o elenco rubro-negro. Inicialmente, nenhum atleta procurou minimizar o caso que gerou repercussão nacional.

A princípio, os jogadores tinham uma preocupação maior com eventuais punições aos funcionários presentes na casa de Gabigol. Na imagem que viralizou aparecem o supervisor Márcio Santos e do roupeiro Sidnei Bernardes. Além deles, ainda estariam outros colaboradores na residência do agora ex-camisa 10. Até o momento não houveram demissões.

PUBLICIDADE

Dentro do clube, o sentimento era unânime. Qual a motivação de tal gafe e ignorar toda história construída, tantas vitórias, idolatria da torcida e a honraria de assumir a lendária 10 que por tantos anos foi de Zico? Ainda segundo o ge.com, ninguém ficou satisfeito com o episódio.

Flamengo comunicou Gabigol da decisão em reunião que durou 30 minutos

Horas antes da reapresentação do elenco, no Ninho do Urubu, Gabigol chegou ao clube e iniciou sua rotina interna. Mais tarde, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, chamou o jogador para uma conversa.

Braz, então, comunicou Gabigol que ele estaria perdendo a partir dali a camisa 10, além de uma multa de 10% do salário. Através das redes sociais, Gabriel Barbosa se manifestou sobre a decisão. Segundo ele, nada vai apagar a história construída nestes anos e que respeita a postura da diretoria.

“Cabe a mim aceitar e respeitar o comando do clube. Mas isso jamais vai apagar a história que construí com meus companheiros de equipe. Aceito a próxima camisa e vou dar a vida em campo pelo Mengão até o fim da nossa história”, escreveu.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial