Home Futebol Nadine Basttos dispara sobre arbitragem na Europa: “Bem diferente do que acontece no Brasil” 

Nadine Basttos dispara sobre arbitragem na Europa: “Bem diferente do que acontece no Brasil” 

Comentarista do SBT destaca diferença dos árbitros europeus para os sul-americanos e brasileiros em entrevista exclusiva ao Torcedores.com

Daniel Linhares
Daniel Linhares é um jornalista que atua como editor e redator de esportes, especialmente de futebol masculino. Formado na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), é bacharel em Comunicação Social: Jornalismo desde 2018 e trabalhou anteriormente como redator em agência de publicidade. Atualmente no Torcedores.com.
Nadine Basttos, comentarista de arbitragem

Nadine Basttos, comentarista de arbitragem do SBT que vai participar da transmissão da finald a Champions League 2023/2024. (Créditos: Lourival Ribeiro/SBT)

Nadine Basttos se dedicou por mais de dez anos à arbitragem até se despedir dos gramados em 2017 e passar ser comentarista do apito. Dominando o assunto e às vesperas de participar da transmissão da Champions League pela emissora paulista, Nadine respondeu em entrevista exclusiva ao Torcedores.com qual é o diferencial arbitragem da Europa à América do Sul e ao Brasil, destacando a profissionalização.

PUBLICIDADE

A questão direcionada à ex-árbitra-assistente veio por conta da polêmica na semifinal da Champions League entre Real Madrid e Bayern de Munique, com a marcação de impedimento em um possível gol de empate dos alemães nos acréscimos da partida. O lance fugiu do protocolo de não paralisar o jogo em lances ajustados.

“Geralmente elogiamos o que vem de fora, e de fato alguns árbitros europeus são melhores que os da América do Sul. Porém, é preciso analisar que nas principais Ligas da Europa, ser árbitro é uma profissão”, destacou Nadine Basttos.

PUBLICIDADE

“Eles se dedicam somente para essa atividade, tem uma capacitação melhor, bem diferente do que acontece aqui no Brasil. Isso também não quer dizer que eles não erram, e que lá não existam lances polêmicos, muito pelo contrário”, analisou a comentarista de arbitragem.

Em seguida, a ex-árbitra-assistente relembrou que a atual edição da Liga dos Campeões teve polêmicas no quesito. Além do duelo contra os merengues, o Bayern de Munique também esteve em um outro jogo com arbitragem de grande repercussão, diante do Arsenal nas quartas de final.

“Nesta temporada da Champions mesmo tivemos algumas polêmicas, como no Bayern x Real, com o árbitro (Szymon Marciniak) que apitou a final da Copa do Mundo 2022 e foi considerado o melhor árbitro do mundo em 2023. Resumindo, todos os árbitros são passíveis de erro, só não erra quem não apita”, conclui a comentarista em resposta ao Torcedores.com.

Nadine Basttos está escalada para analisar arbitragem na final da Liga dos Campeões da Europa

A ex-árbitra-assistente fara parte da cobertura do SBT da final da Champions League neste sábado (1º), quando Real Madrid e Borussia Dortmund se enfrentam em Wembley, a partir das 16 horas (de Brasília). A emissora paulista iniciará a transmissão às 14h15 (de Brasília).

PUBLICIDADE

Além de Nadine Basttos, o SBT escalou para a grande decisão da Liga dos Campeões: Fred Ring, André Galvão, Mauro Betting e Cleber Machado. João Venturi e Sérgio Utsch são os repórteres responsáveis por boletins e informações da partida ao longo de toda a semana.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial