Home Futebol Neto cita Palmeiras e elege outras três forças do Brasileirão

Neto cita Palmeiras e elege outras três forças do Brasileirão

Ex-jogador colocou quarteto em uma “primeira prateleira”, com Verdão brigando contra outros três rivais mais frequentes

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Neto, ex-jogador

Neto durante apresentação do programa "Os Donos da Bola" na Rádio Bandeirantes (Reprodução - YouTube)

Acostumado a fazer projeções do futebol nacional, o apresentador Neto elencou nesta terça-feira (30), no programa “Os Donos da Bola” que Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e São Paulo figuram em um nível acima dos principais adversários na disputa do Brasileirão Série A.

PUBLICIDADE

Na visão do ex-jogador, o Tricolor do Morumbi ainda não pode ser colocado de forma convicta no quarteto, mas pelo elenco que possui, pode deslanchar de vez e brigar entre os protagonistas citados por ele.

“Pra mim, tem quatro equipes no Brasileiro que estão acima. Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG e o quarto, talvez, o SPFC, se engrenar. Aí vem Grêmio, Cruzeiro, Corinthians, Internacional, Bahia, tudo igual”, disparou Neto, analisando o Corinthians na sequência.

PUBLICIDADE

“O time do Corinthians é fraco. Agora se o Corinthians não tiver mais os problemas de jogar na Neo Química Arena, talvez poxa chegar em oitavo, que eu acho que está bom”, complementou o ex-jogador durante a atração.

Neto classifica Vasco como o ‘pior time’ em cinco anos

Ainda no programa desta terça-feira (30), Neto abordou o momento amargado pelo Gigante da Colina nos últimos anos, não poupando críticas aos planteis mais recentes, bem como à administração da SAF do clube. Para Neto, no intervalo dos cinco anos, nenhuma equipe foi tão fraca e teve tantas dificuldades do que o time Cruz-Maltino.

O ex-jogador ainda se mostrou crítico à gestão que administra a SAF do clube carioca, pontuando que os profissionais que estão no clube não conhecem a história e toda a importância do mesmo não só para o futebol brasileiro, mas também no lado social e de inclusão. Derrotado de forma acachapante para o Criciúma no último final de semana, o time da Colina amarga a zona de rebaixamento no Brasileirão 2024.