Home Futebol Neto é sincero sobre comparação de Zico e Gabigol no Flamengo

Neto é sincero sobre comparação de Zico e Gabigol no Flamengo

Ex-jogador repercutiu declarações dadas pelo presidente Rodolfo Landim e mandou recado acerca do cenário de idolatria

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Neto, ex-jogador

Neto durante a apresentação do "Os Donos da Bola" (Reprodução - YouTube)

Conhecido por se posicionar de forma incisiva em assuntos polêmicos, o apresentador Neto subiu o tom contra o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, após o mandatário fazer uma comparação entre Zico e Gabigol, afirmando que o atual camisa 10 tem tudo para se tornar o Galinho em termos de idolatria, se permanecer no clube da Gávea.

PUBLICIDADE

No programa “Os Donos da Bola” de ontem (30), Neto disse que a comparação é inexistente, e embora seja admirador de Gabigol, ele afirmou que o atacante jamais chegará ao nível de idolatria e importância que o Galinho atingiu no rubro-negro carioca. No comentário, o apresentador citou que icônico camisa 10 é uma “unanimidade” até mesmo entre os rivais do Mais Querido.

“Landim, o Gabigol não vai substituir o Zico. Você não sabe o que é o Flamengo. Não tem comparação. Eu sou apaixonado pelo Gabigol, desde os tempos de divisão de base do Guarani, mas ele não vai se tornar o Zico. O Zico é o Zico irmão. É unanimidade, qualquer botafoguense, vascaíno, tricolor ama o Zico. É referência”, disparou Neto.

PUBLICIDADE

Neto vê Gabigol focado e pronto para voltar

Na abertura do programa desta terça-feira (30), Neto rechaçou que Gabigol precise de tempo para recuperar o tempo em que esteve parado, e vê o camisa 10 totalmente preparado para retornar aos gramados. A última vez que o atacante atuou foi no dia 25 de fevereiro, no clássico contra o Fluminense, ainda pela fase regular do Campeonato Carioca.

“Você acha que o Gabigol só porque ficou quatro meses sem jogar, ele precisa de tempo? Sabe quem precisa de tempo pra jogar bola? Ruim. O Gabigol está igual um gavião, faz cinco. O Gabigol é um dos maiores centroavantes que eu vi jogar na minha vida. Você que o Gabigol esqueceu de jogar bola?”, indagou Neto.