Home Futebol PVC revela bastidores da treta com Felipão em treino: “Ele espumava”

PVC revela bastidores da treta com Felipão em treino: “Ele espumava”

Jornalista relembra entrevero que teve com o multicampeão treinador na época que Scolari comandava o Palmeiras

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
pvc

O técnico Felipão e o jornalista PVC (Reprodução)

O comentarista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, já está há bastante tempo no jornalismo esportivo e, vez ou outra, acaba tendo algum atrito com os profissionais do futebol. Em entrevista ao podcast Tomando Um Com, no Youtube, ele lembrou de um treta que teve com o técnico Felipão, campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002, e que na época dirigia o Palmeiras.

PUBLICIDADE

O jornalista relembrou que na primeira passagem de Luiz Felipe Scolari pelo Verdão, entre 1997 e 2000, o treinador costumava levar o time para treinar em Barueri, cidade vizinha de São Paulo, para mudar o ambiente dos treinos.

“O Felipão, quando queria tirar da Academia de Futebol, levava para Barueri. Era o estádio municipal de Barueri, então ele era (um muro) baixinho e, onde hoje tem o shopping ali do lado, tinha um morro. Um dia eu estava de folga, ouvindo o Globo Esportivo e o José Calil chega no Felipão e diz: ‘Amanhã é treino fechado porque tem um jornal que está desenhando suas jogadas?’ e ele responde: ‘É, amanhã treino fechado’. Era eu. Eu fazia a pranchetinha no Lance!”, iniciou PVC.

PUBLICIDADE

“Aí eu fui para Barueri e na hora o Acaz Felleger (assessor do Palmeiras na época) veio falar comigo. Eu falei: ‘Se ele (Felipão) tivesse vindo falar comigo antes, beleza. Diminui agora que é final de campeonato. Eu diminuo. Não tem problema nenhum. Mas eu fico sabendo pelo rádio que ele vai fechar o treino por minha causa, minha pauta hoje é fazer o treino fechado. Eu vou subir o morro. Desculpa”, explicou.

Na sequência, PVC revelou que conseguiu assistir ao treino “fechado” e fez as anotações necessárias para sua prancheta.

“Aí eu subi o morro e dava perfeitamente para ver o treino. Não era um estádio fechado. Fiquei anotando as coisas. Quando eu desci, o Felipão espumava… ‘Se o Palmeiras ganha, vocês vão para Tóquio. Se perde, vocês vão para Araçatuba”, revelou o jornalista aos risos. “Depois ficou tudo bem”, completou.

Por fim, PVC ainda elogiou a parte humana do treinador, que em seu último trabalho comandou o Atlético-MG no início desta temporada.

PUBLICIDADE

“Felipão é uma grande pessoa. É um cara generoso”, finalizou.