Home Futebol Sormani chama time do Brasileirão de “comédia” após erros 

Sormani chama time do Brasileirão de “comédia” após erros 

Comentarista ironizou falhas da equipe, que está atualmente dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Fluminense, São Paulo

Fluminense perdeu para o São Paulo por 2 a 1 (Lucas Merçon / Fluminense)

O comentarista Fábio Sormani não perdoou as falhas da defesa do Fluminense, especialmente na saída de bola, na derrota para o São Paulo, no Morumbis, por 2 a 1.

PUBLICIDADE

Em seu X (antigo Twitter), Sormani disse que a saída de bola do time de Fernando Diniz é “uma comédia”.

“Essa saída de bola do Fluminense é uma comédia.”

Na partida contra o São Paulo, o goleiro Fábio errou ao tentar sair jogando com os pés e ocasionou o gol de empate do Tricolor paulista. Em tentativa de passe dentro da área, Fábio furou e deu a bola nos pés de Juan, que dominou e encontrou Bobadilla na área. O volante, de carrinho, finalizou para o gol vazio.

Fluminense foi derrotado de virada pelo São Paulo

O Fluminense abriu o placar para cima do São Paulo aos 28 minutos do primeiro tempo. Keno recebeu passe na entrada da área, invadiu e finalizou. Rafael defendeu, mas a bola bateu em Igor Vinícius e entrou. Quatro minutos depois, porém, o São Paulo empatou com o gol de Bobadilla na falha de Fábio na saída de bola.

O gol da vitória do Tricolor paulista saiu já na reta final da partida, aos 39 minutos do segundo tempo, quando após escanteio o zagueiro Robert Arboleda empurrou de pé esquerdo para vencer Fábio: 2 a 1.

Na partida, o Fluminense teve mais posse de bola que o São Paulo, com 51% a 49%, mas menos finalizações, foram apenas sete, sendo duas no gol do adversário, contra 15 do SPFC, que acertou a meta oito vezes.

PUBLICIDADE

O Flu trocou 421 passes, com 86% de acerto, mesmo índice de acerto do São Paulo, que trocou 401 passes. O Tricolor paulista terminou a partida com quatro impedimentos, contra nenhum do Tricolor carioca. Foram ainda sete escanteios dos paulistas contra quatro do Flu.