Home Futebol Vitor Guedes repercute despedida de Cássio: “Maior ídolo do Corinthians”

Vitor Guedes repercute despedida de Cássio: “Maior ídolo do Corinthians”

Goleiro teve entrevista coletiva de fim de ciclo com o Timão e deve ser anunciado pelo Cruzeiro em breve

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Cássio

Cássio durante treinamento no CT do Corinthians (Créditos: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians)

Cássio foi goleiro absoluto de uma geração vitoriosa do Corinthians. O goleiro deixa o clube com números impressionantes, mas com uma saída agridoce que incomodou muitos torcedores. Em meio a polêmicas, o comentarista esportivo Vitor Guedes analisou a situação na qual o arqueiro deixa o Timão.

PUBLICIDADE

Vitor Guedes comenta saída de Cássio e importância para alguns torcedores

Após 712 partidas disputadas, sendo 316 vitórias e 9 títulos conquistados, incluindo o Mundial de Clubes, Cássio não é mais um jogador do Corinthians. No meio de críticas dos torcedores por falhas e também por conta do ideal de reformulação da diretoria, o goleiro pressionou para deixar o Timão após proposta do Cruzeiro.

Na opinião de Vitor Guedes, para alguns torcedores, Cássio é o maior ídolo do clube. O comentarista esportivo abriu o jogo: “Eu disse várias e várias vezes que eu discordo de quem compara o Cássio com Rivelino e outros casos. Porque na vida real nunca foi vaiado, ele pediu para sair, Corinthians não mandou ele embora (…) Foi uma opção dele”.

PUBLICIDADE

O comentarista esportivo analisou que, para uma geração grande de corintianos de 2012 até o momento: “Cássio é o maior jogador do clube. Não é para mim, para mim é o Sócrates. Mas ele é um, sem dúvida, dos maiores do clube”. Além disso, Vitor Guedes afirmou que é muito complicado alguém jogar mais de 700 partidas numa equipe.

Por último, Vitor Guedes apontou que, na história do Corinthians, o arqueiro terá um espaço na paixão de milhares de pessoas. E os torcedores guardarão o momento como uma forma triste deste momento, apesar de ser contra a criação de um busto do goleiro enquanto ainda está em atividade. Já que o jornalista acredita que esta honra deve ser cedida após a aposentadoria.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial