Home Futebol Benja antecipa demissão de técnico no Brasileirão: “Game over”

Benja antecipa demissão de técnico no Brasileirão: “Game over”

Apresentador da CNN é pessimista e prevê troca no comando de equipe do Campeonato Brasileiro

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Benja

Benja é apresentador da CNN Brasil - Reprodução/YouTube

O futuro de António Oliveira no Corinthians foi tema de debate no Domingol com Benja, na CNN Brasil. Neste Brasileirão Série A, o Timão venceu apenas uma partida em dez jogos realizados e hoje terá uma parada dura pela frente. Em Curitiba, o alvinegro encara o Athletico, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba.

PUBLICIDADE

Para Benjamin Back, um novo resultado negativo será determinante para a saída do técnico português. De fato, o profissional está bastante pressionado no cargo e um revés logo mais pode sim resultar na sua demissão.

“Eu acho que ele cai independente do resultado. Game over. Por qualquer derrota. Se o Corinthians chutar 65 bolas na trave e perde de 1 a 0 acabou. A hora que ver a tabela, 11 jogos e uma vitória…Esse elenco do Corinthians é ruim, gente”, afirmou Benja.

PUBLICIDADE

“Não acho que a culpa seja do António Oliveira, não foi ele quem montou esse elenco, chegou depois. Os jogadores que ele pediu provavelmente ele não vai ter pois não estará aí. O primeiro da lista que ele pediu era o Deyverson e até o momento não deram nada, por isso falo que ele vai cair. Nós sabemos como é o futebol”, acrescentou.

Além de António Oliveira, Benja acredita que o caminho de Fernando Diniz será o mesmo no Fluminense. “Já era, já era. Acabou, está na contagem regressiva”.

Citado por Benja, António Oliveira responde sobre riscos de demissão no Corinthians

Na tabela de classificação, o Corinthians é o 18ª colocado com apenas sete pontos somados. São cinco derrotas e quatro empates, além de uma vitória. Contestado pela torcida, António Oliveira se esquivou sobre a pressão sofrida no cargo.

“Eu só controlo minha decisão, e minhas decisões enquanto treinador, minha competência é área técnica. Administração não compete a mim. Vou continuar a trabalhar, sei o que estou fazendo, sou teimoso. Com reajustes no mercado vamos ficar mais fortes. Vamos diminuir o tempo que durante o primeiro turno nós perdemos. Agora é descansar e pensar no próximo jogo”, finalizou.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial