Home Futebol Dedé elege jogador mais difícil de marcar que Ronaldinho Gaúcho: “Cravo”

Dedé elege jogador mais difícil de marcar que Ronaldinho Gaúcho: “Cravo”

Ex-zagueiro também revelou impacto de atuação histórica pelo Vasco no Brasileirão Série A

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Dedé.

Dedé, ex-jogador do Cruzeiro (Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Imponente na zaga, Dedé ganhou alcunha de “Mito”. Rápido nos botes e sem dar mole para os atacantes, o ex-jogador do Vasco pode dizer que conseguiu o feito de neutralizar o futebol de Neymar. Apesar disso, marcar o camisa 10 da seleção não foi fácil, motivo pelo qual a escolha do atacante que mais deu trabalho é totalmente convicta.

PUBLICIDADE

Além de eleger Neymar como o jogador mais difícil de marcar, Dedé fez uma comparação envolvendo Ronaldinho Gaúcho. Embora o ‘Bruxo’ tenha sido extraordinário em campo, houve uma sinalização de que o astro formado no Santos está acima pelo desempenho ao longo da carreira.

“Neymar (foi o mais difícil)! Quem foi melhor, Ronaldinho Gaúcho ou Neymar? Antes, eu colocava o Ronaldinho Gaúcho. Mas, hoje, o Neymar me gerou essa dúvida e eu cravo o Neymar.”, disse Dedé, ao canal “Cartoloucos“.

PUBLICIDADE

Em 2011, Dedé viveu uma das principais atuações da carreira ao encarar Neymar. Sem dar brecha para o atacante do Santos brilhar, o desempenho em questão é mencionado por torcedores até os dias atuais. Porém, o antigo camisa 26 do Vasco destacou que o atacante jamais admitiu ter “ficado no bolso” em São Januário.

“Ele não falou isso (risos). Ele falou que eu fui o zagueiro mais difícil que tinha enfrentado. Hoje, respinga isso de forma absurda: ‘Foi você que parou o Neymar?’. É mais pelo Neymar do que (aquilo) que eu fiz no campo.”, contou.

Dedé revela principal momento na carreira

Diante da consistência espetacular, Dedé teve a oportunidade de vestir a camisa da seleção. Ainda que nunca tenha disputado uma Copa do Mundo, o gol contra Zâmbia é avaliado como um dos momentos de maior relevância nos gramados.

“Quando eu vesti pela primeira vez a camisa da seleção brasileira (momento mais marcante). Eu tenho um gol na seleção. Meus filhos não me assistiram na seleção, mas eu posso mostrar hoje. Meu filho chora, minha filha fica toda emocionada… não precisa mais de nada.”, afirmou.

PUBLICIDADE

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial