Home Futebol Edmundo alerta o Vasco e indica rival milionário em luta contra o Z-4 no Brasileirão

Edmundo alerta o Vasco e indica rival milionário em luta contra o Z-4 no Brasileirão

Ex-jogador não vê brecha para uma reviravolta envolvendo o principal objetivo do Cruz-Maltino na competição

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Edmundo.

Edmundo, ídolo do Vasco (Reprodução)

Reagindo ao empate entre Vasco x Cruzeiro, Edmundo lamentou o resultado em São Januário. Além da sequência sem vitórias, o ídolo do time carioca considera que houve um embate direto contra o rebaixamento no Brasileirão. Apesar do investimento pesado no mercado da bola, o time celeste é visto como um concorrente na disputa para fugir do Z-4.

PUBLICIDADE

“(Cruzeiro e Juventude) são dois adversários diretos no campeonato que o Vasco vai jogar. Todo mundo sabia que o Vasco não seria o campeão brasileiro, mas a gente acreditava que fosse um campeonato melhor, meio de tabela… não está sendo. Está jogando lá embaixo da tabela.”

“Embora o Cruzeiro tenha mais pontos que o Vasco e tentando fazer uma janela mais forte, o Cruzeiro era um time que o Vasco deveria vencer em São Januário.”, disse Edmundo, em live no YouTube.

PUBLICIDADE

Frustrado pelo empate, Edmundo vê sinais de melhora no Vasco. Isso porque o modelo com mais jogadores em campo foi aprovado pelo ex-jogador, que aguarda o retorno de Philippe Coutinho para fortalecer o setor.

“O Álvaro Pacheco entendeu que precisa de jogadores no meio-campo. O futebol brasileiro é muito jogado pelos meias, tanto é que estamos ansiosos pela chegada de três jogadores de meio-campo. Claro que o Philippe Coutinho é o principal, Souza e Alex Teixeira.”, afirmou.

Edmundo deixa aviso sobre finanças do Vasco

Ainda que a 777 Partners esteja afastada, Edmundo não prevê que o Vasco vai encarar atrasos salariais no restante do ano. Como o dinheiro das cotas de televisão será distribuído no segundo semestre, a gestão de Pedrinho tem a missão de arrecadar fundos para reforçar o elenco.

“A questão financeira vai ser resolvida. Os salários vão ser pagos até o final do ano. No segundo semestre, o Vasco recebe o dinheiro da televisão. Não será problema. Mas, para as grandes contratações, vai ter que contar com aporte de alguma empresa que se interesse em comprar os 31% da 777 ou uma parte dos 69% que estão com o associativo.”, indicou.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial