Home Futebol Edmundo mantém previsão sobre nova “potência” do futebol brasileiro: “Time forte”

Edmundo mantém previsão sobre nova “potência” do futebol brasileiro: “Time forte”

Ex-jogador reforçou confiança de volta por cima nos gramados em um futuro próximo

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Edmundo.

Edmundo, ídolo de Vasco e Palmeiras (Reprodução)

Edmundo mantém o discurso otimista envolvendo o Vasco. Mesmo que o momento seja péssimo no Brasileirão, com um forte risco de rebaixamento, o ídolo do Cruz-Maltino não descarta a possibilidade de uma volta por cima dentro e fora de campo. Isso porque o futebol costuma reservar surpresas em um curto período de tempo.

PUBLICIDADE

“O futebol é assim, uma hora tá por cima e uma hora por baixo. O Vasco está por baixo há muito tempo, mas acredito que um gigante sempre vai dar a volta por cima.”, disse Edmundo, em live no YouTube.

Na sequência, Edmundo apontou que, no momento, será difícil para o Vasco reforçar o elenco. Apesar disso, caso o time escape do rebaixamento, o ex-jogador confia na gestão de Pedrinho, tendo em vista a competência do presidente em comandar um processo de reconstrução e formar uma “potência” no futebol brasileiro.

PUBLICIDADE

“Como o mercado se abriu, nossa moeda é frágil e ficamos com o que tem de pior. Os times com mais dinheiro contratam os melhores. Tem que ter uma capacidade gigantesca para encontrar grandes jogadores e fazer grandes times.”

“Mas eu acredito que o Vasco, em um futuro próximo, vai ter um time forte e competitivo como os que disputam os títulos de Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores. O Vasco, hoje, não disputa, só participa. É bem diferente.”, prosseguiu.

Edmundo deixa aviso sobre Coutinho no Vasco

Em negociações para voltar ao Vasco, Coutinho pode ser peça-chave na permanência do Vasco. Embora o meia seja dono de um grande talento, Edmundo indicou que a diretoria precisa contratar outras peças com qualidade semelhante.

“Eu vi que ele tá treinando, não era com bola, era na academia. Não vai chegar 100%, mas não vai chegar 0%. Ele vai acrescentar bastante, mas não é a solução porque o Vasco precisa de contratações importantes em todos os setores. Defesa, meio-campo e ataque.”, alertou.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial