Home Esportes Olímpicos Galvão Bueno ou Álvaro José: veja quem mais narrou medalhas do Brasil nas Olimpíadas

Galvão Bueno ou Álvaro José: veja quem mais narrou medalhas do Brasil nas Olimpíadas

Confira o ‘quadro de medalhas’ dos narradores brasileiros na história dos Jogos Olímpicos transmitidos pela TV

Marco Maciel
Marco Maciel é jornalista que atua cobrindo futebol brasileiro, com ênfase para o futebol gaúcho com Internacional e Grêmio e para a mídia esportiva. Graduado em jornalismo pela pela PUC-RS, em 2007, está no Torcedores.com desde 2022; passou pela redação e assessoria de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade); edita o site SAMBARIO, voltado para sambas-enredo, desde 2004; e passou a escrever para o site NasPistas.com a partir de 2023.
Galvão Bueno e Álvaro José, narradores

Galvão Bueno e Álvaro José, narradores (Divulgação/Globo e Band)

As Olimpíadas de Paris terão o seu início no próximo mês, no dia 26 de julho. O Brasil contabiliza 150 medalhas, sendo 37 ouros, 42 pratas e 71 bronzes. De acordo com levantamento do site Bolha Olímpica, Álvaro José é o profissional com o maior número de narrações em conquistas brasileiras.

PUBLICIDADE

O jornalista, que atualmente está na Rádio Transamérica, narrou 47 conquistas de medalhas, 12 ouros, 11 pratas e 24 bronzes, nas Olimpíadas por canais como Band, Bandsports e Record.

“Estou na expectativa de narrar a minha medalha de número 50. Eu já narrei 47 medalhas do Time Brasil. Sou o líder do quatro de medalhas dos narradores brasileiros e quero muito chegar a 50 em Paris”, disse Álvaro José, em vídeo publicado em suas redes sociais.

PUBLICIDADE

Galvão Bueno e Milton Leite completam o pódio

Galvão Bueno é o segundo colocado do ranking. O narrador, que marcou época na Rede Globo, transmitiu 32 medalhas, sendo nove ouros, 14 pratas e nove bronzes.

Fechando o ‘pódio’ de narradores, aparece Milton Leite. O locutor esportivo encerrará sua trajetória de 19 anos no Grupo Globo justamente no encerramento dos Jogos Olímpicos de Paris. Por ESPN e SporTV, foram 26 medalhas: oito de ouro, nove de prata e nove de bronze.

Se considerar o total de medalhas, o quarto colocado do levantamento é João Palomino, que narrou 24 conquistas olímpicas pela ESPN. Já Cacá Fernando e Sérgio Maurício despontam na quinta colocação com 19. O saudoso Luciano do Valle transmitiu 18 medalhas brasileiras.

PUBLICIDADE

A página Bolha Olímpica utilizou como critério para definir as colocações o total de medalhas de ouro, com as pratas e bronzes servindo como desempate, seguindo a regra adotada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Desse modo, Cacá Fernando é o quarto colocado do ranking, tendo narrado sete ouros, cinco pratas e sete bronzes por ESPN, Band e BandSports. Cléber Machado também transmitiu sete medalhas de ouro pela Globo, mas é o quinto por ter contado as histórias de duas pratas, além de sete bronzes.

@torcedorescom

Os jogadores da NBA estao CANSADOS de jogar basquete: #nba #basquete

♬ som original – Torcedores
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial