Home Futebol Praetzel e Barros comentam escolha de goleiro da seleção brasileira

Praetzel e Barros comentam escolha de goleiro da seleção brasileira

Jornalistas analisaram a convocação de Rafael, que não deve ser titular nas próximas partidas do Brasil e treina junto com o elenco

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Elenco da seleção brasileira

Elenco da seleção brasileira durante chegada ao treino (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A seleção brasileira está finalizando a sua preparação para a estreia contra a Costa Rica na Copa América. Sobre a titularidade no gol, Dorival Júnior garante que ainda não há nomes definidos para o onze inicial. Porém, a tendência para o gol é que o treinador escolha entre Bento e Alisson para a posição.

PUBLICIDADE

Durante o programa ‘Primeiro Tempo’, do Bandsports, os comentaristas analisaram a situação atual da seleção brasileira. O jornalista esportivo Alexandre Praetzel relembrou que historicamente o terceiro goleiro costuma ser uma espécie de cinegrafista e também pode cuidar das redes sociais do elenco.

Logo, ambos especialistas apontam que Rafael deveria permanecer sob aviso no SPFC, já que é muito pouco provável de ser acionado durante o torneio.

PUBLICIDADE

Segundo Praetzel, o Rafael não tem qualidade para a seleção brasileira. A opinião foi validada por Maurício Barros, que acredita que há outras alternativas melhores. Apesar da lesão de Ederson, o comentarista esportivo relembrou de Weverton, do Palmeiras, que já cumpriu ciclos com o Brasil.

Entretanto, na opinião de ambos os jornalistas, a disputa pela posição como titular na meta do Brasil será disputada entre Bento e Alisson.

Foco das opiniões de Praetzel e Barros, Rafael valorizou a participação na seleção brasileira

Em coletiva, o goleiro do SPFC abriu o jogo sobre a importância do trabalho com o elenco do Brasil e deixou em aberto sobre as chances de ser acionado.

Mesmo com Alisson sendo alvo de questionamentos pelo desempenho e com a probabilidade de Bento assumir a titularidade, Rafael não teria muitas chances de disputar uma partida na Copa América.

PUBLICIDADE

O goleiro do Athletico-PR fez grandes participações nos primeiros amistosos comandados por Dorival Júnior, inclusive chamando a atenção do mercado internacional. Porém, Alisson foi questionado após algumas saídas de bola durante o jogo contra o México e o gol cedido contra os Estados Unidos.

Logo, será preciso acompanhar a escolha do treinador na próxima segunda-feira (24) contra o Canadá. Além disso, você pode conferir alguns sites de apostas para a Copa América.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial