Home Futebol Rizek destaca time “bomba relógio” no futebol brasileiro: “Prestes a explodir”

Rizek destaca time “bomba relógio” no futebol brasileiro: “Prestes a explodir”

Jornalista esportivo aponta as administrações passadas como as grandes culpadas pela situação desesperadora atual

Marcel Rauen
Marcel Rauen é um jornalista formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) que atua na área esportiva há cerca de 15 anos. É fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente de futebol. Escreve no Torcedores desde 2015 sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
rizek

André Rizek é apresentador do SporTV (Reprodução/SporTV)

O primeiro semestre do futebol brasileiro ainda nem terminou e tem cube que já vive um clima caótico. Este é o caso do Corinthians, que a cada dia tem uma péssima notícia revelada e, segundo o comentarista André Rizek, é uma bomba relógio prestes a explodir.

PUBLICIDADE

Em comentário publicado no “ge“, o jornalista detonou a administração atual e principalmente as passadas do Timão, segundo ele, responsáveis pela situação que o time vive hoje.

“É muito amadorismo. O Corinthians está ticando todos os pontos de uma instituição prestes a explodir. Parece uma bomba relógio. Dívidas, crise financeira, crise administrativa, crise política, crise de ética e time no Z-4. A crise ética é escancarada nesta sexta-feira. A patrocinadora máster, a VaideBet, aciona uma cláusula de rescisão de contrato por corrupção”, criticou Rizek.

PUBLICIDADE

“A gente está diante de um clube que tem anos e anos e anos de péssimas administrações que levaram o Corinthians a situação que está. Não foi essa administração atual que levou o Corinthians aos problemas que ele tem hoje. Isso vem de muitos anos. Decisões muito equivocadas e irresponsáveis com o dinheiro do clube”, completou o jornalista.

Criticado por Rizek, Corinthians busca novo goleiro

Na expectativa de perder Carlos Miguel, seu atual goleiro titular, o Timão já busca no mercado um substituto para que a posição fique menos exposta no clube.

Um dos nomes cogitados é o de Walter, que por vários anos foi o reserva de Cássio e que hoje é titular do Cuiabá, time que foi dirigido pelo técnico António Oliveira, que foi quem sugeriu o nome.

PUBLICIDADE

Outro goleiro que está no radar corintiano é Marcelo Grohe. O arqueiro ficará livre no mercado da bola em junho após acabar seu contrato com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial