Home Futebol Zinho aponta técnico diferenciado do futebol brasileiro: “Confio”

Zinho aponta técnico diferenciado do futebol brasileiro: “Confio”

Ex-jogador mostrou confiança em um trabalho sólido do treinador com quem já trabalhou no passado como gestor

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Zinho, ex-jogador

Zinho faz comentário durante programa "ESPN FC" (Reprodução - YouTube)

Figura exponencial do futebol brasileiro, o tetracampeão Zinho voltou a tecer elogios ao técnico Dorival Júnior e depositou fichas em um trabalho de sucesso do profissional na seleção brasileira. Entrevistado pela Gazeta Esportiva, o tetracampeão exaltou o potencial do treinador no aspecto de gestão de grupo e de protagonismo nos últimos anos

PUBLICIDADE

“A expectativa é muito boa. Eu gosto muito do Dorival, como pessoa e como treinador. Eu tive a oportunidade de conhecer ele como atleta. Jogamos junto um período. Depois, eu o contratei para ser técnico do Flamengo. Confio nele, sei que tem gestão de grupo e é um baita profissional. Um ser humano espetacular”, disse.

“Temos uma safra boa, jovem. A minha e expectativa é que dê liga. Dando liga, faz uma boa Copa América. Vencer é muito bom, encorpa, da moral e confiança para uma sequência para um objetivo maior que é a Copa do Mundo”, complementou o ex-jogador.

PUBLICIDADE

Neste sábado (08), Dorival Júnior encara o seu terceiro desafio à frente da seleção brasileira, em partida amistosa contra o México, pela Data Fifa. Antes de debutar na Copa América, dia 24 de junho, o escrete ainda mede forças contra os Estados Unidos em outro teste visando a competição continental. Até agora, ele acumula vitória diante da Inglaterra, em Londres, e empate frente à Espanha, em Madri.

Zinho vê necessidade de coletividade na seleção

Em outro momento da entrevista, o ex-jogador que foi campeão com o escrete canarinho na Copa de 1994, destacou que as atenções e todas as fichas do time de Dorival Júnior não podem ser depositadas apenas em um jogador, citando que a coletividade é sinônimo para o sucesso. Para ele, os protagonistas vão surgir naturalmente, jogando de forma conjunta, haja visto que a seleção brasileira possui sim talentos que podem se mostrar decisivos.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial