Home Futebol Zinho cogita abalo de torcida fanática no Brasil: “Pressão maior” 

Zinho cogita abalo de torcida fanática no Brasil: “Pressão maior” 

Comentarista apontou condição que pode impactar em luta contra o rebaixamento na Série A

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Zinho.

Zinho, comentarista da ESPN (Reprodução)

Analisando o atual momento caótico do Corinthians, Zinho cogita um forte impacto nas arquibancadas. Mesmo que a torcida do clube seja chamada de ‘Fiel’, o ex-jogador apontou um risco atrelado aos jogos na Neo Química Arena. Exaustos da crise no Timão, os alvinegros podem optar pela ausência nas partidas em casa.

PUBLICIDADE

“O gigante, quando está na zona de rebaixamento, é muito mais complicado porque a pressão é muito maior. A cobrança da arquibancada vem também. O torcedor do Corinthians é bem fiel, não é de vaiar durante o jogo. Mas o que se ouve do Corinthians na rua? Que não é um time para brigar por títulos e com limitação.”, disse Zinho, no ESPN FC.

“Está com problema de polícia e investigação. Isso afeta o torcedor. Vai no jogo ou não vai? Vai apoiar ou não vai apoiar? É um momento complicado para o Corinthians e reflete lá dentro.”, acrescentou.

PUBLICIDADE

Como tem experiência no futebol profissional, Zinho alertou que o aspecto financeiro pesa no vestiário. Isso porque as dúvidas que pairam sobre o Corinthians podem afetar o rendimento nas partidas, já que não existe confiança na diretoria.

“Com os problemas fora de campo, reflete em campo no dia a dia do treinamento. O jogador, que está com direito de imagem atrasado há bastante tempo, começa a ter atraso também na CLT, começa a incomodar.”.

“Sai o patrocinador máster, vai vir outro? O cara já está pensando no dia 10 do mês, quando sai o salário nos clubes. O cara que já tem muita grana para receber também fica preocupado. Todo mundo fica desconfiado, não acreditam na diretoria porque foi caso de polícia.”, prosseguiu.

Falta de liderança no Corinthians?

Além do impacto envolvendo os torcedores, Zinho considera que o Corinthians ainda não está totalmente consolidado sob o comando de António Oliveira. Neste cenário, a falta de jogadores “cascudos” no plantel pode causar uma falta de liderança no grupo.

PUBLICIDADE

“Tem bem menos jogadores cascudos para liderar, tem o Fagner… o próprio Carlos Miguel virou capitão quando o Fagner não está.”

“O Corinthians já tem limitações, não é o melhor elenco. Ainda não é um time montado, o António Oliveira não conseguiu isso. Há quanto tempo a gente fala dessa oscilação? Faz um jogo que empolga, a gente fala ‘agora vai’, daqui a pouco faz um jogo ruim e tem dificuldades.”, afirmou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial