Home Futebol Zinho surpreende ao indicar atacante para a seleção brasileira: “Referência”

Zinho surpreende ao indicar atacante para a seleção brasileira: “Referência”

Comentarista acredita que jogador veterano ainda tem condição de atuar na próxima Copa do Mundo

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Zinho.

Zinho, comentarista da ESPN (Reprodução)

Admirando o futebol de Hulk, Zinho considera que o camisa 7 do Atlético-MG tem espaço na seleção brasileira. Embora o atacante tenha 37 anos, a idade não foi citada como impeditivo para o atleta disputar a segunda Copa do Mundo da carreira. Neste cenário, o ídolo do Galo, na visão do tetracampeão, ocupa o status de melhor jogador do elenco alvinegro.

PUBLICIDADE

Além da importância dentro de campo, Hulk é visto como uma referência pela liderança no Atlético-MG. Diante da experiência em questão, Zinho não seria crítico de Dorival Júnior conceder uma nova oportunidade na seleção brasileira.

“Eu sou fanzaço do Hulk. Hulk, eu te adoro. Acho você um baita jogador. Até falei em você para a seleção brasileira para a Copa do Mundo ainda. Gosto muito. Ele é a referência do Atlético-MG.”, disse Zinho, no ESPN FC.

PUBLICIDADE

“Para mim, com o elenco maravilhoso que o Atlético-MG tem, o Hulk é o melhor jogador. Por mais que tenha o Paulinho, que é convocado para a seleção, o Arana, que já está na seleção, eu acho que o Hulk é a referência e o cara!”, acrescentou.

Na sequência, Zinho emitiu um alerta sobre o temperamento de Hulk. Expulso contra o Palmeiras, o atacante fez questão de externar uma grande revolta pelo cartão vermelho e, na visão do comentarista, precisa de mais cautela no contato com os árbitros.

“Ele tem que se controlar. Ele é o capitão do time. Reclamar e não deixar o adversário ganhar no grito, que tem no meio da bola, tem que usar isso no campo sendo mais esperto. Bota a mão pra trás, abre o braço, mas elogiando o cara…”, aconselhou.

Zinho vê expulsão exagerada do Hulk

Apesar do alerta, Zinho enxerga que Hulk foi alvo de uma injustiça no duelo pelo Brasileirão. Levando em conta que o cartão amarelo serviu de advertência, o ex-jogador avalia a expulsão sendo totalmente desnecessária.

PUBLICIDADE

“Ele tomou o primeiro cartão porque xingou um palavrão. Eu acho que o árbitro exagerou no restante. Se deu o amarelo, sai de perto ou fala para ele ‘me respeita, sai de perto de mim’. Os árbitros da minha época faziam isso.”

“O Hulk, pela leitura labial, não parece que ele ofende mais. No jogo de futebol, não ter o diálogo? Eu sou contra aquele bolo de 50 mil pessoas em cima do árbitro. Foi exagerado o segundo cartão para o Hulk.”, analisou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial