Home Futebol Casagrande detona atitude inesperada de Dorival Júnior na seleção brasileira

Casagrande detona atitude inesperada de Dorival Júnior na seleção brasileira

Comentarista aponta incoerência no treinador às vésperas de jogo decisivo na Copa América

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Casagrande

Dorival Júnior no comando da seleção - Divulgação/CBF

Walter Casagrande aprovou a escalação de Endrick entre os titulares do Brasil contra o Uruguai, neste sábado, valendo vaga na semifinal da Copa América. Entretanto, com um adendo. O comentarista entende que Dorival Júnior deveria ter testado o garoto contra Costa Rica e Paraguai, tidos como duelos mais suaves para que ele pudesse aos poucos ganhar confiança.

PUBLICIDADE

Durante o Fim de Papo, do UOL Esporte, Casão teme que uma eventual eliminação possam surgir críticas ao ex-atacante do Palmeiras. Na visão do comentarista, o técnico cometeu um equívoco ao ‘proteger’ demais o jovem, uma vez que ele já havia sido preparado por Abel Ferreira.

“As falas do Dorival são incoerentes. Pra você preparar um jogador para jogar um mata-mata contra o Uruguai não deveria ter jogado contra a Costa Rica de titular? Não deveria ter sido titular contra o Paraguai? Se ele é convocado para uma seleção brasileira você não precisa ter paciência, ele está pronto pra jogar”, afirmou Casagrande.

PUBLICIDADE

Na visão do ex-atleta, Endrick passou por todo o processo de amadurecimento no Verdão e hoje encontra-se muito mais preparado para assumir a camisa 9 da seleção.

“Quem teve paciência com ele foi o Abel, lá o Palmeiras preparou ele para a seleção. Agora, porque o Vinicius Júnior não vai jogar ele tem que colocar o garoto que é um mata-mata contra o Uruguai. Pensa como está a cabeça do Endrick. Se o time é eliminado, perde e não consegue ir bem, a crítica vai cair nele. Não era um jogo para ele estrear como titular”, aponta.

“Ok, às vezes o mundo dá umas voltinhas e coloca as coisas no momento certo, hora certa, que a gente acha que vai ser muito difícil e o garoto desenvolve”, completa.

Casagarande detona futebol apresentado pela seleção brasileira

Insatisfeito com o desempenho do Brasil nesta Copa América, Casagrande não parece nada otimista para o duelo desta noite contra o Uruguai.

PUBLICIDADE

“A seleção é ruim, joga mal todos os jogos. Tomou um baile da Colômbia, precisa melhorar muito para tentar passar para a próxima fase”, analisou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial