Home Futebol Cicinho antecipa técnico demitido no Brasileirão Série A: “Vai cair”

Cicinho antecipa técnico demitido no Brasileirão Série A: “Vai cair”

Comentarista do SBT prevê nova saída de treinador neste primeiro turno do Campeonato Brasileiro

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Cicinho

Cicinho, ex-jogador e comentarista - Reprodução/YouTube

A 15ª rodada do Brasileirão Série A pode determinar a demissão de mais um treinador. É o que prevê o ex-jogador Cicinho ao avaliar o trabalho de Gabriel Milito no Atlético. Após um início bastante promissor no Galo, defendendo uma longa invencibilidade, o argentino passou a colecionar resultados e, principalmente atuações ruins.

PUBLICIDADE

Na goleada sofrida em casa para o Flamengo, por 4 a 2, muitos torcedores, inclusive, chegaram a pedir a saída do comandante atleticano. A princípio, porém, não há nenhuma movimentação neste sentido, mas, evidentemente todos esperam uma rápida reação.

“Se perde o treinador já cai. Uai, ele vai cair, o Milito vai cair. É uma previsão porque acredito que o Atlético não tenha força para ganhar do Botafogo. Se o Atlético perder, o treinador vai cair”, afirmou Cicinho, na live do Canal do Benja, no YouTube.

PUBLICIDADE

Postulante ao título do Campeonato Brasileiro, o Galo hoje amarga a 11ª posição com apenas 18 pontos, sendo que o Flamengo, líder, possui 31. Neste momento, a prioridade na equipe mineira é de voltar a vencer o quanto antes para iniciar uma aproximação ao G6.

“Pedir que confie na gente, vai melhorar. Dias melhores virão. Estamos em todas as competições, não tem nada perdido ainda. Reunimos e definimos que só eu, como capitão, vou falar em nome do grupo. Então venho aqui pedir desculpa”, disse Hulk.

Alertado por Cicinho, Atlético mantem confiança no trabalho e nega caça às bruxas

O diretor de futebol do Atlético-MG, Victor Bagy tratou de defender o elenco depois da derrota para o Flamengo, na Arena MRV. Na avaliação do ex-goleiro, este não é o momento de apontar culpados, mas sim de união para superar o momento ruim na temporada.

“Posso garantir que não falta trabalho, treino, dedicação, comprometimento. Vivemos um momento de instabilidade. Sabíamos que o mês de junho — período de Copa América — seria difícil. Mas não contávamos que seria tão complicado por conta de tantas perdas nesse período”.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial