Home Futebol Cicinho descarta Abel Ferreira e elege melhor técnico do futebol brasileiro

Cicinho descarta Abel Ferreira e elege melhor técnico do futebol brasileiro

Ex-jogador já fez a mesma afirmação em outras edições da atração esportiva do SBT e se mostra empolgado com fase

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Cicinho, ex-jogador

Cicinho durante participação no programa "Resenha" (Reprodução - YouTube)

Embora tenha recém-chegado no Brasil, o argentino Luis Zubeldía parece mesmo ter caído nas graças de Cicinho, ídolo do São Paulo. No programa “Arena SBT” desta segunda-feira (08), o comentarista teceu elogios ao comandante técnico do Tricolor, colocando em uma prateleira acima do multicampeão Abel Ferreira, do Palmeiras.

PUBLICIDADE

Após o apresentador Cleber Machado iniciar um debate acerca de quem era o melhor treinador da atualidade no país, Cicinho pediu a palavra para apontar Zubeldía, e rechaçou que o profissional vá aceitar um convite para assumir a seleção equatoriana.

“Vocês não vão falar do melhor técnico do Brasil? O Zubeldía? Não vai sair do SPFC. Para que ele vai querer acertar com o Equador? Eles vão ganhar o que? Qual vantagem ser o treinador do Equador?”, disparou Cicinho.

PUBLICIDADE

Desde que chegou ao Tricolor, o treinador argentino acumula 16 partidas, tendo 10 vitórias, quatro empates e duas derrotas. No Brasileirão Série A, o time figura na quarta posição, com 27 pontos, estando a quatro do líder Flamengo.

Cicinho vê Gabigol fora do perfil do Palmeiras

Em outro momento do programa, Cicinho comentou sobre a “novela” envolvendo o futuro de Gabigol, que não vai renovar contrato com o Flamengo, e tem o Palmeiras como alvo principal. Na visão do ex-lateral, o centroavante não tem um estilo de jogo que condiz ao que Abel Ferreira implementa no time palestrino: o futebol de coletividade.

“O Palmeiras não combina com o Gabigol. O Palmeiras é um time que o Abel gosta de operários, cara que dá a vida, que se entrega. O Gabigol não vai fazer isso. Esse não é o esquema de jogo dele. O Palmeiras pra fazer gol precisa do conjunto, não de um jogador só. Não vai jogar”, avaliou Cicinho.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial