Home Futebol Espanha vence na prorrogação e elimina a anfitriã Alemanha da Eurocopa

Espanha vence na prorrogação e elimina a anfitriã Alemanha da Eurocopa

A Fúria leva a melhor com gols de Dani Olmo e Merino em jogo equilibrado contra os alemães no torneio de seleções europeias

Daniel Linhares
Daniel Linhares é um jornalista que atua como editor e redator de esportes, especialmente de futebol masculino. Formado na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), é bacharel em Comunicação Social: Jornalismo desde 2018 e trabalhou anteriormente como redator em agência de publicidade. Atualmente no Torcedores.com.
Espanha x Alemanha na Eurocopa

Merino marcando o gol da vitória da Espanha contra a Alemanha na Eurocopa 2024. (Créditos: Alexander Hassenstein/Getty Images)

A Espanha levou um susto ao sofrer empate nos minutos finais, mas levou a melhor na prorrogação para vencer por 2 a 1 o confronto com a Alemanha no início da tarde desta sexta (5) pelas quartas de final da Eurocopa 2024. Os gols espanhóis veio com Dani Olmo nos primeiros minutos do segundo tempo e Merino aos 14 minutos na segunda metade da prorrogação, enquanto os alemães descontaram aos 43 minutos do segundo tempo regulamentar.

PUBLICIDADE

Assim, a Fúria saiu vencedora no embate que tinha ares de ‘final antecipada’ do torneio de seleções europeias e agora aguarda outro duelo repleto de expectativas, entre Portugal e França, ainda nesta sexta. A semifinal está prevista a próxima terça (9), às 16 horas (de Brasília).

Do outro lado, a seleção alemã dá adeus às chances de voltar a conquistar a Eurocopa e de quebra podem ver a Espanha se isolar como maior campeã da competição. Sem conquistar o torneio desde 1996, os alemães somam três títulos, a mesma quantidade dos espanhóis.

PUBLICIDADE

Espanha e Alemanha fazem duelo cheio de equilíbrio nas quartas da Eurocopa

Cercado de expectativa por colocar frente a frente duas equipes de boa campanha no torneio, o confronto entre alemães e espanhóis teve um primeiro tempo de poucas chances, mas com qualidade.

A Espanha foi mais aguda e levou mais perigo ao gol da Alemanha, contando com Neuer para manter a baliza intacta. Do outro lado, as Águias conseguiram ter domínio da posse de bola e esfriavam a Fúria, no entanto sem muitos ameaços ao gol de Unai Simón.

Valendo vaga nas semifinais da Eurocopa, espanhóis e alemães não pouparam na marcação, chegando mais forte em alguns lances. Em um deles, logo aos cinco minutos, Kroos pegou Pedri e o meio-campista da Espanha teve que ser substituído por Dani Olmo.

A torcida espanhola não teve muito tempo a lamentar a saída do meia do Barcelona. Logo aos seis minutos do segundo tempo, Lamine Yamal rabiscou pela ponta direita e fez passe para a meia-lua. Dani Olmo surgiu livre para chuter de primeira e abrir o placar para os espanhóis contra os alemães.

PUBLICIDADE

A partir do gol, a Alemanha foi armando pressão para cima da Espanha e cresceu no jogo. Enquanto Unai Simón fez grande defesa em finalização de Andrich aos 24 minutos, pouco depois foi a trave que salvou a Fúria em chute de Füllkrug aos 31 minutos.

Se aproximando da reta final, o confronto começou a ganhar ares de drama com a pressão da seleção anfitriã diante dos espanhóis.

A postura da Alemanha foi recompensada aos 43 minutos, quando Mittelstädt foi à linha de fundo, cruzou para desvio de Kimmich que chegou em Wirtz. O jovem finalizou de primeira e o arremate ainda resvalou na trave antes de entrar, para delírio do estádio em Sttutgart.

Na prorrogação, Espanha e Alemanha começaram a sentir o desgaste da partida intensa. Porém, quando o jogo se encaminhava para os pênaltis, Dani Olmo cruzou na medida para Merino cabecear no ângulo de Neuer, garantindo os espanhóis nas semifinais da Eurocopa e eliminando os alemães em casa.

PUBLICIDADE

Espanha x Alemanha – Quartas de final da Eurocopa 2024
Estádio: Arena Stuttgart, em Sttutgart na Alemanha.
Espanha: Unai Simón; Carvajal (Le Normand), Nacho Fernández, Laporte e Cucurella; Rodri, Pedri (Dani Olmo) e Fabián Ruiz (Joselu); Lamine Yamal (Ferrán Torres), Nico Williams (Oyarzabal) e Morata (Merino). Técnico: Luis de la Fuente.
Alemanha: Neuer; Kimmich, Rüdiger, Jonathan Tah (Thomas Müller) e Raum (Mittelstädt); Emre Can (Andrich), Kroos, Sané (Wirtz), Gündogan (Füllkrug) e Musiala; Havertz (Anton). Técnico: Julian Nagelsmann.
Gol:s Espanha – Dani Olmo (06 min/2º) e Merino (14 min/2ºP); Alemanha – Wirtz (43 min/2º).

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial