Home Futebol Jornal argentino provoca após eliminação do Brasil e cita Ronaldinho

Jornal argentino provoca após eliminação do Brasil e cita Ronaldinho

Seleção brasileira só retorna aos gramados para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo, que serão retomadas em setembro

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Uruguai x Brasil

Seleção brasileira em ação contra o Uruguai (Rafael Ribeiro - Divulgação - CBF)

Um pouco antes da Copa América 2024 ser iniciada, uma entrevista de Ronaldinho Gaúcho falando que não iria assistir os jogos do Brasil deu o que falar. Contudo, pouco tempo depois, o “Bruxo” explicou que tudo não passava de uma ação de marketing, o que para muita gente, na realidade retratou o sentimento e foi algo verídico. Se aproveitando deste cenário, o jornal argentino “Olé”, aproveitou para alfinetar o escrete canarinho.

PUBLICIDADE

Logo após a amarga eliminação da seleção brasileira para o Uruguai, ocorrida neste sábado (06), nas penalidades, o periódico hermano brincou, dizendo que Ronaldinho Gaúcho “não perdeu nada”, fazendo uma alusão ao fato do ex-jogador ter dito inicialmente que não acompanharia as partidas do time pentacampeão do mundo.

“Não perdeu nada, Dinho”, escreveu o Olé em seu perfil no X (antigo Twitter)”, fazendo, com humor irônico, menção às declarações recentes de Ronaldinho Gaúcho.

PUBLICIDADE

Desde o início da Copa América, muitos torcedores têm utilizado as “críticas falsas” de Ronaldinho para questionar o escrete canarinho, dizendo que o “Bruxo”, na realidade, tinha razão. A ação publicitária, segundo os organizadores, trouxe um resultado dentro do esperado, embora tenha deixado o público “desconfiado” em um primeiro momento.

De acordo com o UOL Esporte, as declarações, mesmo que não verdadeiras, trouxeram um mal-estar nos bastidores da seleção brasileira, haja visto que a CBF não teria sido avisada previamente sobre a situação.

Brasil só volta nas Eliminatórias

Após a amarga queda nos pênaltis para os uruguaios, a seleção brasileira terá quase dois meses de intervalo até os seus próximos jogos. O escrete volta a campo na primeira semana de setembro, quando mede forças contra o Equador, em partida que será realizada no Brasil, mas ainda com palco indefinido.

Ocupando a sexta colocação na disputa, o escrete canarinho acumulou três derrotas consecutivas ainda sob o comando de Fernando Diniz à época.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial